Com boicote, Hong Kong rejeita reforma política


Nesta quinta-feira (18/06), o Conselho Legislativo de Hong Kong rejeitou um controverso plano de reforma política para a eleição do chefe do Executivo do território, o qual era apoiado pelo governo central chinês e criticado por ativistas locais que protestaram nas ruas contra ele no ano passado. Cerca de 30 deputados pró-Pequim boicotaram a votação ao abandonar o Parlamento cerca de um minuto antes de sua realização. O projeto necessitava de pelo menos dois terços dos votos para ser aprovado, o que equivale ao apoio de no mínimo 47 dos 70 legisladores. Oito deputados pró-Pequim votaram a favor da proposta e 28 legisladores votaram contra. Com isso, o chefe do executivo de Hong Kong continuará sendo indicado pelo colégio eleitoral, sem sufrágio universal.

Protesto no plenário do parlamento de Hong Kong. Foto: Reuters / B. Yip.

Anúncios

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s