Mídia e política: quem é o responsável pela imagem deplorável dos dirigentes políticos?


Como a cobertura midiática pode acentuar a percepção negativa das performances governamentais, assim como da imagem de atores e ações políticas? Este é o tema abordado nesta breve análise do Le Nouvel Obs e Rue89 sobre as relações entre mídia e política na França, mas que permite perfeitamente deslocar a reflexão sobre o tema para o contexto brasileiro.

a-les-guignols-de-l-info-640x468

Imagem: huffpost.fr

Foco demasiado nos aspectos negativos da ação política, comentaristas e “jornalistas” políticos que creem que seu papel enquanto tal se resume a emitir, sistematicamente, juízos de valor negativos sobre representantes políticos, bem como das medidas por eles implementadas, entrevistas que objetivam, sobretudo, fazer com que os representantes políticos reproduzam um discurso basicamente “político” — no sentido pejorativo do termo —, destacando apenas as futilidades e desafetos da vida pública, e a transformação do telejornal em um reality-show, favorizando o conflito e a agressão verbal por meio da valorização de frases de impacto são algumas atitudes que contribuem para a desafeição à política, prestando um desserviço à cidadania e corroborando para a atmosfera de caos e de descontentamento com a coisa pública

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s