A instabilidade presidencial da América Latina: 14 governos interrompidos em 30 anos


Em artigo publicado na Folha de S. Paulo (15/05), Luiza Olmedo, pesquisadora associada do ISAPE, discorre sobre a instabilidade política na América Latina. 14 presidentes da América Latina não concluíram seus mandatos nos últimos 30 anos. Dos 14, sete foram destituídos no Congresso, por meio do impeachment. Mecanismo estaria muitas vezes sendo utilizado erroneamente com motivos políticos, e não com base jurídica. Segundo especialistas, as causas da instabilidade dos governos de presidentes são os mesmos que levaram aos golpes militares na região no século passado: recessão econômica e protestos sociais.

Foto: Zeca Ribeiro / Câmara dos Deputados

1 comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s