Potências defendem o fornecimento de armas para a Líbia combater o EI


Nesta segunda-feira (16/05), um comunicado conjunto de mais de 20 países -incluindo os Estados Unidos, China, Rússia, Reino Unido e França- defendeu o fornecimento de armas para o novo governo de unidade da Líbia. Armamentos serviriam para combater o “Estado Islâmico” (EI) e outros grupos que se opõe ao governo. Para fornecer os equipamentos, as potências terão de aprovar exceções a um embargo de armas da ONU imposto à Líbia para evitar que armamentos letais chegassem às mãos de extremistas islâmicos e militantes rivais.

Foto: L. Foeger / Reuters

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s