ONU aprova criação de especialista para monitorar violência contra pessoas LGBT


Na quinta-feira (30/06), o Conselho de Direitos Humanos da ONU aprovou uma resolução para a “proteção contra violência e discriminação baseada na orientação sexual e identidade de gênero”. É a primeira resolução do órgão a prever a criação de um cargo de “special rapporteur” (um especialista independente) para o monitoramento de violência e discriminação contra pessoas LGBT (lésbicas, gays, bissexuais e transexuais) no mundo. O texto foi apresentado pelo Brasil em parceria com outros países latino-americanos, entre eles Argentina, Uruguai, México e Colômbia. A resolução foi aprovada 21 votos a favor e 18 contra — entre eles Rússia, China e Arábia Saudita —, além de seis abstenções.

Parada gay guatemalteca. Foto: Efe.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s