Autor: Bruno Gomes Guimarães

Lançamento do livro “Estudos de caso em política externa brasileira (1930–1985)”


O ISAPE convida todos e todas para o evento de lançamento de seu novo livro, Estudos de caso em política externa brasileira (1930–1985), que ocorrerá nesta quinta-feira, 8 de setembro, às 17h no auditório da Faculdade de Ciências Econômicas da UFRGS (Av. João Pessoa, 52 – Porto Alegre, RS). Integrante da série Cadernos ISAPE, o livro é organizado pelos professores André Reis da Silva e José Miguel Martins, com artigos escritos por alunas e alunos na disciplina de Política Externa Brasileira II no curso de Relações Internacionais da UFRGS. A elaboração do livro foi feita por meio de debates de revisão entre os professores, autores e autoras e o público participante da atividade de extensão Oficina de Política Externa Brasileira. No lançamento, o livro será vendido pelo valor de custo (R$ 15,00). Não perca!

livro PEB ISAPE

Anúncios

Os presos políticos dos Estados Unidos


Confira aqui a reportagem do Opera Mundi sobre os presos políticos nos Estados Unidos. Segundo levantamento, há mais de 50 encarcerados nos EUA por motivos políticos, em sua maioria de minorias raciais e na prisão há mais de 40 anos. O ex-procurador-geral dos EUA afirmou que “os presos políticos não têm reconhecimento legal, são tratados como inimigos do Estado” e que “o objetivo é que sirvam de exemplo para novas gerações, estabelecendo o preço a pagar se recorrerem à rebelião e à insubordinação.” Os processos penais desses encarcerados, inclusive, contêm muitas irregularidades. Oficialmente, o governo estadunidense não tem interesse em comentar a situação.

Imagem: Opera Mundi.

Voto obrigatório e redução de desigualdades


Confira aqui a matéria de Aamna Mohdin que discute os problemas atuais das democracias ocidentais, principalmente a pouca participação em eleições de voto facultativo e o alto número de eleitores desinformados, e os méritos do voto obrigatório como ferramenta para combatê-los. Segundo pesquisas mostradas pela autora, o voto obrigatório aumenta o número de eleitores informados e, não só isso, reduz desigualdades de gênero e sociais.

Países com voto obrigatório. Mapa: CIA World Factbook via Quartz.

Força Aérea dos EUA declara F-35 “pronto para combate”


Nesta terça-feira (02/08), a Força Aérea dos Estados Unidos declarou que seu esquadrão de caças F-35A estão “prontos para combate”. Isso significa que a Força já pode enviar os caças multifuncionais de quinta geração para missões de batalha em qualquer lugar do mundo. Os primeiros F-35 operacionais, 12 aeronaves, pertencem ao 34º Esquadrão de Caças, localizado no estado de Utah nos EUA. Críticos apontam que a declaração da Força Aérea é mais uma medida de marketing do que verdadeiramente operacional, uma vez que ainda existem vários problemas.

Foto: Paul Holcomb / Força Aérea dos EUA.

EUA volta a bombardear a Líbia


Nesta segunda-feira (01/08), os Estados Unidos voltaram a bombardear o território da Líbia visando regiões sob controle do “Estado Islâmico”. Segundo informações do Pentágono, os bombardeios estão sendo realizados na cidade de Sirte a pedido do Governo de Coalizão Nacional líbio. Os ataques devem durar alguns dias e, segundo fontes, há forças especiais dos EUA em prontidão no Mediterrâneo.

Mapa: BBC.

Turquia suspende tratado de direitos humanos


Nesta quinta-feira (21/07), a Turquia anunciou a suspensão da Convenção Europeia de Direitos Humanos durante o estado de emergência, decretado no dia anterior pelo presidente Recep Tayyip Erdogan e aprovado pelo Parlamento. Segundo o governo turco, a suspensão do tratado de 1953 será “como na França”, referindo-se a medidas relacionadas ao estado de emergência francês por causa de recentes atentados terroristas. Oposição política turca condena essas medidas e denuncia que o governo de Erdogan encaminha-se para uma autocracia.

Foto: C. McGrath / Getty Images.

França aprova reforma de direitos trabalhistas


Esta semana a França aprovou uma reforma nos seus direitos trabalhistas através da chamada Lei Khomri. Ela elimina inúmeros direitos trabalhistas já estabelecidos no país e permite estender a jornada de trabalho a 46 horas semanais. Desde que foi apresentada no início do ano, a lei foi alvo constante de protestos no país e cerca de 70% da população é desfavorável à sua adoção. A aprovação da mesma se deu sem maioria parlamentar e por iniciativa do Partido Socialista, de François Hollande.

Foto: Patrick Kovarik / AFP.

A China e sua Nova Rota da Seda


Confira aqui a matéria do The Economist sobre a China e sua iniciativa de estabelecer uma nova rota da seda na Eurásia. Oficialmente chamada de Cinturão e Rota (One Belt, One Road), a política visa à construção de infraestrutura na Eurásia de modo a torná-la um único espaço econômico centrado em Pequim com investimentos no valor de 4 trilhões de dólares. Podendo ser tida como um desafio ao domínio comercial dos Estados Unidos no mundo, a iniciativa do governo de Xi Jinping deve expandir os laços comerciais e físicos da China na Eurásia (e mesmo na África), bem como o seu poder brando (soft power). Embora haja inúmeros empecilhos à sua consecução, vários projetos já estão sendo feitos a alterando estruturas na economia mundial.

Mapa: The Economist.

Atentados terroristas na Arábia Saudita


No domingo (03/07) e nesta segunda-feira (04/07), ocorreram dois atentados terroristas na Arábia Saudita, na cidade de Jidá e em Medina, respectivamente. Ambos foram de pequenas proporções devido à ação policial saudita. O primeiro visava uma mesquita ao lado do consulado dos Estados Unidos na cidade e deixou dois policiais feridos. O segundo aconteceu em um estacionamento ao lado da mesquita de Maomé, o segundo lugar mais sagrado do islamismo, e causou a morte de pelo menos dois oficiais. Cerca de dois milhões de muçulmanos visitaram a cidade nas últimas semanas devido ao Ramadã, mas nenhum fiel teria sido atingido. Além de Medina e Jidá, dois homens-bomba também teriam atacado a cidade de Qatif nesta segunda-feira. Suspeita-se que esses ataques terroristas tenham sido perpetrados pelo “Estado Islâmico”.

Explosão em Medina. Foto: Al Arabyia / Twitter.

Rússia envia porta-aviões para a Síria


A Rússia está enviando seu único porta-aviões para a Síria a fim de combater o “Estado Islâmico” naquele país. Chamado de “Almirante Kuznetsov”, o navio carregará ao menos 15 caças e dez helicópteros de ataque. O porta-aviões deve ficar estacionado no leste do mar Mediterrâneo pelo menos até fevereiro de 2017.

Foto: Arquivo / AP via Sputnik.

Reino Unido pode se tornar paraíso fiscal


Nesta segunda-feira (04/07), o ministro das Finanças do Reino Unido, George Osborne, anunciou planos para reduzir significativamente os impostos para empresas no país como modo de reduzir os efeitos da saída britânica da União Europeia (UE). Segundo o político, a intenção é diminuir os atuais 20% de impostos corporativos para menos de 15%; na UE, apenas Irlanda e Chipre têm taxas mais baixas. Dessa forma, o Reino Unido teria uma das mais baixas taxas de impostos para empresas entre as grandes economias do mundo, o que a OCDE já disse que seria uma situação semelhante à de um “paraíso fiscal”.

Osborne. Foto: S. Rousseau / empics / picture-alliance via DW.

Pela primeira vez, Brasil exportará urânio enriquecido


Pela primeira vez, o Brasil exportará urânio enriquecido. A empresa brasileira Indústrias Nucleares do Brasil (INB) firmou acordo com a empresa estatal argentina Combustibles Nucleares Argentinos (Conuar) no valor de 4,5 milhões de dólares, que prevê o envio de quatro toneladas de pó de dióxido de urânio para a carga inicial de abastecimento de um reator nuclear localizado na cidade de Lima, ao norte de Buenos Aires.

Foto: INB / Divulgação via Agência Brasil.

(mais…)

Atentado do Estado Islâmico em Bagdá vitima mais de 200 pessoas


No domingo (03/07), o “Estado Islâmico” realizou um atentado terrorista em Bagdá, capital do Iraque, que causou a morte de pelo menos 213 pessoas e deixou cerca de 300 feridos. O ataque ocorreu do lado de fora da sorveteria mais antiga e popular da cidade no momento em que pessoas se juntavam para fazer as compras às vésperas do final do Ramadã, mês sagrado muçulmano. Além desse ataque, um outro foi realizado em outro bairro da cidade e deixou cinco mortos e 18 feridos, mas sem reivindicação de autoria até o momento. O Iraque vem sofrendo uma onda de atentados do “Estado Islâmico” em resposta às suas vitórias territoriais contra o grupo terrorista.

Foto: Reuters via Al Jazeera.

EUA remove proibição a transexuais nas Forças Armadas


Nesta quinta-feira (30/06), o secretário de Defesa dos EUA, Ashton Carter, anunciou que pessoas abertamente transgênero poderão se alistar e servir nas Forças Armadas estadunidenses, removendo uma proibição que até hoje excluía pessoas trans do serviço militar no país. Além disso, em uma medida sem precedentes, foi criado um programa para que os militares que queiram fazer a transição de gênero possam desenvolvê-la dentro das Forças Armadas. Até então, pessoas que declaravam sua condição de transgênero eram expulsas pelo Pentágono.

Ashton Carter. Foto: Saul Loeb / AFP via El País.

Rússia e Finlândia discutem medidas de distensão no Báltico


Os presidentes da Rússia e da Finlândia, Vladimir Putin e Sauli Niinisto respectivamente, encontraram-se nesta sexta-feira (01/07) para discutir medidas de distensão no Báltico. Niinisto e Putin concordaram em desenvolver medidas de segurança para controlar voos militares na região, na qual, nos últimos meses, têm ocorrido cada vez mais casos de provocação de caças da OTAN e da Rússia. Para evitar confrontos, a Finlândia sugeriu que não se desliguem os transponders das aeronaves; Putin concordou e vai levar a sugestão para a próxima reunião do país com a OTAN. Putin advertiu que tomará as medidas necessárias para responder a uma eventual entrada da Finlândia na OTAN.

Putin e Niinisto (D). Foto: Alexei Druzhinin / Sputnik via RT.

Votação final do impeachment deve ocorrer após Olimpíada


No Brasil o presidente do Senado, Renan Calheiros, confirmou na quinta-feira (30/06) que o julgamento final da presidente afastada Dilma Rousseff ocorrerá entre os dias 25 e 27 de agosto, portanto após os Jogos Olímpicos do Rio 2016, que terminam em 21 de agosto. A intenção inicial dos senadores favoráveis ao impedimento definitivo de Rousseff era encerrar o processo antes da Olimpíada, mas o grande número de testemunhas em defesa de Dilma, 40 pessoas, obrigaram a comissão a prolongar os trabalhos. É possível que haja a presença de dois presidentes da República na abertura dos Jogos Olímpicos, Rousseff e o interino Michel Temer.

Renan Calheiros (E). Foto: Jane de Araujo / Agência Senado via Último Segundo.

China lança nova geração de foguetes


Em junho a China lançou com sucesso a nova geração de foguetes de carga Long March-7. Os foguetes desse novo tipo são de tamanho médio e de dois estágios, podendo levar até 13,5 toneladas à baixa órbita usando querosene e oxigênio líquido como combustível. Espera-se que o Long March-7 torne-se o principal foguete das missões espaciais chinesas. Pequim espera começar a operar uma estação espacial até 2022.

Foto: Li Gang / Xinhua.

 

ONU aprova criação de especialista para monitorar violência contra pessoas LGBT


Na quinta-feira (30/06), o Conselho de Direitos Humanos da ONU aprovou uma resolução para a “proteção contra violência e discriminação baseada na orientação sexual e identidade de gênero”. É a primeira resolução do órgão a prever a criação de um cargo de “special rapporteur” (um especialista independente) para o monitoramento de violência e discriminação contra pessoas LGBT (lésbicas, gays, bissexuais e transexuais) no mundo. O texto foi apresentado pelo Brasil em parceria com outros países latino-americanos, entre eles Argentina, Uruguai, México e Colômbia. A resolução foi aprovada 21 votos a favor e 18 contra — entre eles Rússia, China e Arábia Saudita —, além de seis abstenções.

Parada gay guatemalteca. Foto: Efe.

Tribunal Constitucional da Áustria anula eleições presidenciais


Nesta sexta-feira (01/07), o Tribunal Constitucional da Áustria anunciou a anulação do segundo turno das recentes eleições presidenciais e a realização de um novo pleito por ter detectado inúmeras irregularidades na contagem de votos pelo país. Em maio, o candidato apoiado pelo Partido Verde, Alexander van der Bellen, venceu o candidato da extrema-direita, Norbert Hofer — que vencera no primeiro turno –, com uma margem de menos de 1% dos votos. Portanto, Hofer, que entrou com o pedido de anulação do segundo turno junto ao Tribunal e que vem prometendo a realização de um referendo sobre continuidade da Áustria na União Europeia nos moldes do que ocorreu no Reino Unido, terá mais uma chance de concorrer à presidência austríaca. O cargo é tido como meramente simbólico no país.

Presidente do Tribunal Constitucional Austríaco (C). Foto: BBC.

Argentina entra em recessão técnica


Nesta quinta-feira (30/06), o Instituto Nacional de Estatística e Censos da Argentina divulgou que o país acumula três trimestres seguidos de queda no Produto Interno Bruto (PIB), caracterizando uma recessão técnica. A economia argentina caiu 0,7% no primeiro trimestre de 2016 em comparação com o último trimestre de 2015. Os setores que registraram maior declínio da atividade econômica foram a construção e a agricultura, com quedas de aproximadamente 5% cada um.

Imagem: n.i.

Primeiros observadores da ONU chegam à Colômbia


Os primeiros observadores da Organização das Nações Unidas (ONU) começaram a chegar esta semana à Colômbia para monitorar o processo de paz, segundo informou o governo do país. 23 oficiais da Argentina, Bolívia, El Salvador, Guatemala, México, Paraguai e Uruguai chegaram já na segunda-feira (27/06) e devem supervisionar a reintegração das FARC à sociedade e a entrega de suas armas. A ONU será responsável pela implementação do acordo de paz, assim que ele for assinado oficialmente no dia 23 de julho. Ao todo serão 450 observadores; os que já chegaram planejarão a implementação do acordo. A Colômbia vetou a participação de observadores de países fronteiriços, incluindo o Brasil.

Observadores militares da ONU na Síria. Foto: PressTV.

Cargueiro KC-390 será estreado internacionalmente


A Embraer confirmou que um dos protótipos do avião cargueiro KC-390, desenvolvido no Brasil, estará presente no festival aéreo de Farnborough, no Reino Unido, o que será sua estreia internacional. No dia 4 de julho, o avião atravessará o Atlântico em direção a Portugal, onde ficará por dois dias para demonstrações para a Força Aérea portuguesa antes de se deslocar para o Reino Unido. Após o festival, o avião realizará um tour pela Europa, Oriente Médio e África para demonstração a possíveis compradores. Fora o Brasil, que encomendou 28 unidades, diversos outros países declararão intenção de comprar, totalizando 32 unidades, entre eles Portugal e Tchéquia.

KC-390. Foto: Embraer.

ONU estende missões de paz em Sudão, Mali e Colinas de Golan


Nesta quarta-feira (29/06), de forma unânime, o Conselho de Segurança da ONU estendeu os mandatos de três operações de paz lideradas pela organização no Mali, em Darfur (Sudão) e nas Colinas de Golan. A missão no Mali (MINUSMA) foi expandida por um ano e terá um maior número de tropas e policiais. Já a missão nas Colinas de Golan (UNDOF) foi estendida por apenas seis meses e houve forte condenação do conflito armado sírio nas proximidades. Por fim, a UNAMID, missão de paz em Darfur, no Sudão, foi mantida por mais um ano sem alterações.

Votação no Conselho de Segurança da ONU. Foto: UN Photo / JC McIlwaine. 

UNASUL visita Suriname para tratar da crise política no país


Nesta semana, o secretário-geral da União de Nações Sul-Americanas (UNASUL), Ernesto Samper, e a presidente pro tempore da organização, a chanceler venezuelana Delcy Rodríguez, visitaram o Suriname para tratar da crise política no país a convite do presidente surinamês Desiré Bouterse. Bouterse está sendo julgado pelo assassinato de 15 opositores políticos na década de 1980 pela Suprema Corte do Suriname, apesar da existência de uma lei de anistia, o que o levou a afirmar que há uma crise constitucional acontecendo. Representantes da UNASUL reuniram-se com diversos membros do governo e garantiram que continuarão monitorando a situação para que não haja rupturas democráticas no Suriname.

Foto: Nodal.

Turquia e Rússia reaproximam-se


Esta semana, a Turquia e a Rússia reaproximaram-se após Ancara ter pedido desculpas por ter abatido um caça russo próximo a fronteira sírio-turca. Em conversa de telefone, o presidente turco, Recep Erdogan, e o presidente russo, Vladimir Putin, concordaram em se encontrar pessoalmente para tratar de restaurar as relações diplomáticas, que estão congeladas desde o incidente.

Imagem: AFP via BBC.

China atualiza planos de ampliação da malha ferroviária


Nesta quarta-feira (29/06), a China atualizou seus planos de ampliação da malha ferroviária em uma reunião do Conselho de Estado presidida pelo premiê Li Keqiang. O novo plano prevê que o país possua 150 mil km de ferrovias até 2020, incluindo 30 mil km de trens de alta velocidade. O plano anterior previa apenas 120 mil km. A expansão dos planos prevê mais construção de ferrovias nas regiões centrais e do oeste chinês.

Mapa: Wikimedia Commons.

O Reino Unido pode voltar atrás e não sair da UE?


Na semana passada, o Reino Unido, em referendo, escolheu sair da União Europeia (UE). Algumas pessoas começaram a se arrepender diante das consequências, inclusive de possibilidade de dissolução do país. Segundo Carla Bleiker, ainda há possibilidades de reversão: o parlamento britânico pode votar contra a saída da UE, um novo referendo pode ser chamado para confirmar a intenção de saída e o modo que ela se dará, a UE pode fazer concessões suficientes para aplacar as demandas dos britânicos que querem o “Brexit” e, por fim, a Escócia pode vir a vetar a saída do país do bloco europeu.

Foto: E. S. Lesser / dpa / picture-alliance.

Bolívia, Etiópia, Cazaquistão e Suécia são eleitos para Conselho de Segurança da ONU


Nesta terça-feira (28/06), Bolívia, Etiópia, Cazaquistão e Suécia foram eleitos para mandatos de dois anos, 2017–2018, no Conselho de Segurança da ONU. Cazaquistão venceu a Tailândia pela vaga da Ásia com 138 votos e Etiópia e Bolívia foram indicações de suas regiões e elegeram-se com 185 e 183 votos respectivamente. A Suécia elegeu-se com 134 votos a favor. Ainda resta uma vaga a ser preenchida, a qual está em disputa entre os Países Baixos e a Itália. Os países que deixarão de compor o Conselho são Angola, Malásia, Nova Zelândia, Venezuela e Senegal.

Foto: Getty Images via Al Jazeera.

Índia junta-se à elite global de detentores de tecnologia de mísseis


Nesta segunda-feira (27/06), a Índia juntou-se ao pequeno rol de países que controlam o comércio mundial de tecnologias de mísseis. O Regime de Controle de Tecnologia de Mísseis visa à não proliferação dessas tecnologias, restringindo a comercialização de mísseis, foguetes, drones e sistemas de entrega. Com a entrada indiana, são 35 os países membros do regime, incluindo o Brasil. A Índia pretende, com isso, legitimar seus programas nuclear e missilístico. No entanto, a China vem bloqueando a entrada indiana no regime de detentores de tecnologia nuclear.

Foto: divulgação.

Navio cargueiro chinês inaugura Canal do Panamá expandido


O Canal do Panamá expandido foi inaugurado neste domingo (26/06) com a passagem de um navio cargueiro gigante da China. Aproximadamente 30 mil pessoas compareceram às festividades da inauguração da expansão do canal, a qual custou cerca de 5 bilhões de dólares e levou nove anos para ser concluída. A ampliação permite que navios maiores, os chamados supercargueiros, atravessem o canal, que une o oceano Atlântico ao Pacífico.

Foto: AP via BBC.