anticorrupção

Operação Lava Jato põe em risco negócios brasileiros na América Latina


O andamento da Operação Lava Jato e o número crescente de casos de corrupção possivelmente descobertos colocam em risco a presença da empresa Odebrecht em outros países da América Latina. Auditorias em contratos fechados e a paralisação de algumas obras tem ocorrido na Colômbia, Peru, Equador e Panamá. O vice-presidente da Colômbia, Germán Vargas Llera, afirmou que o estatuto anticorrupção do país andino pode banir a construtora brasileira por até 20 anos caso uma condenação em relação a suborno seja confirmada. Panamá, Peru e Equador têm investigado a empresa para determinar a continuação das obras em seus respectivos países.

Foto: I. Sanogo, AFP, Getty Images.

Foto: I. Sanogo / AFP / Getty Images.

Anúncios

Obama discursa para a União Africana


Como o primeiro presidente estadunidense a visitar a sede da União Africana (UA) em Adis-Abeba, na Etiópia, Barack Obama discursou sobre a importância do estabelecimento de instituições democráticas nos processos de transição de poder nos países da África, fazendo referências específicas às eleições no Burundi, cujo teor já fora duramente criticado pelo governo do país. A importância do combate à corrupção e da promoção de transparência nas emergentes gestões democráticas no continente também foram temas abordados no seu discurso, além de condenar a repressão feminina, crítica feita já feita por Obama em Nairóbi.

Foto: AFP.

Foto: AFP.

Bachelet anuncia plano anticorrupção e criação de nova Constituição


Na noite de terça-feira (28/04), a presidente do Chile, Michelle Bachelet, anunciou um plano de medidas anticorrupção para a política e os negócios, o qual inclui a elaboração de uma nova Constituição. Bachelet quer uma profunda reforma legal para acabar com “as irregularidades, a corrupção e a falta de ética” evidenciadas em recentes escândalos de corrupção em campanhas políticas. Segundo ela, em setembro deve ser iniciado um processo aberto aos cidadãos para aprovar uma nova Constituição que substitua a atual, que ainda contém resquícios da época da ditadura militar no Chile.

Foto: Agência Efe

Foto: Agência Efe

Vitória islamita em eleições municipais aumenta a polarização na Turquia


A vitória islamita nas eleições municipais de domingo na Turquia não contribuiu para fechar a espiral de polarização política que vive o país nos últimos meses, depois da onda de protestos populares contra a deriva autoritária do primeiro-ministro, Recep Tayyip Erdogan e os escândalos de corrupção que mancham o governante Partido da Justiça e do desenvolvimento (AKP). Partido de Erdogan saiu vitorioso, legitimando seu governo.

Primeiro-ministro Erdogan. Fonte: AFP.

Primeiro-ministro Erdogan. Fonte: AFP.

(mais…)

O outro lado do mito da corrupção


A corrupção não é o principal fator por trás da persistência da pobreza nos países do Sul Global. Sonegação de impostos, paraísos fiscais, empresas laranjas, entre outros, são um problema muito pior, que se origina de fato nos países mais desenvolvidos.

Fonte: Transparência Internacional.

Fonte: Transparência Internacional.

(mais…)

Forças Armadas da Turquia não se envolverão na política


Com a Turquia envolta em escândalos de corrupção e crise política, Forças Armadas do país disseram que não querem se envolver na política. País já passou por diversos golpes.

Primeiro-ministro Erdogan. Fonte: AFP.

Primeiro-ministro Erdogan. Fonte: AFP.

(mais…)

Turquia abalada por escândalo de corrupção


O governo turco está em crise: dentro de algumas horas, três ministros renunciaram por causa de um escândalo de corrupção. População foi às ruas protestar e houve muitos confrontos com policiais. Primeiro-ministro Erdogan alega que seu governo está sendo vítima de uma conspiração.

Protesto anticorrupção. Fonte: Getty Images.

Protesto anticorrupção. Fonte: Getty Images.

(mais…)