combate à desigualdade

Redistribuição de vagas universitárias gera protestos na China


O Ministério da Educação da China anunciou uma iniciativa de redistribuição de vagas em universidades de alta qualidade para estudantes de províncias pouco desenvolvidas. Aproximadamente 140.000 vagas seriam reservadas para esses estudantes. A iniciativa faz parte da política mais ampla do “Sonho Chinês” de Xi Jinping, que aborda o desenvolvimento como resultado da diminuição de desigualdades sociais, para a qual o acesso à educação teria um papel essencial. No entanto, o projeto tem gerado insatisfação nas classes média e média-alta das províncias mais ricas do país, gerando inclusive protestos em grandes centros urbanos.

Foto: Financial Times.

Pobreza extrema no Brasil caiu 63% em uma década


Um estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) publicado no fim de dezembro (30/12) afirma que a taxa de pobreza extrema no Brasil caiu 63% entre 2004 e 2014. Já o índice de Gini, que mede a desigualdade, apresentou uma redução de 9,7% na década. Apesar da desaceleração recente, o rendimento real do brasileiro cresceu no período de R$ 1.192,53 para R$ 1.720,41.

foto04opin-201-col_op1-a16

Foto: Reginaldo Manente.

Entrevista com Jessé Souza, presidente do IPEA


Em entrevista ao jornal El País, o sociólogo Jessé Souza, atual presidente do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), explica seu projeto de fazer uma “radiografia do Brasil contemporâneo” que vá além de dados exclusivamente econômicos e inclua questões como “socialização” e “capital cultural”. Souza também comenta sobre seu novo livro A Tolice da Inteligência Brasileira, no qual se questionam conceitos-base do pensamento brasileiro, como o patrimonialismo e o “homem cordial”, e afirma que a nossa ciência social está baseada em mitos infundados.

Jessé Souza. Foto: Fernando Cavalcanti.

Bill Clinton afirma que Brasil tem futuro promissor


O ex-presidente dos Estados Unidos Bill Clinton afirmou na quinta-feira (12/11) que, apesar da conjuntura política e econômica, existem “poucos lugares no mundo” para ser tão otimista como no Brasil. Em discurso no Encontro Nacional da Indústria (Enai), Clinton ainda mencionou o sucesso do Brasil em diversificar sua economia, conter o deflorestamento e em reduzir as desigualdades sociais.

Bill Clinton. Foto: Fernando Bizerra Jr. / Efe.

A herança dos 12 anos de “kirchnerismo” para a Argentina


Em artigo publicado no Opera Mundi, Juan Santiago Fraschina analisa a herança dos 12 anos de “kirchnerismo” na política econômica da Argetina. Segundo o autor, o país conseguiu, após a derrocada do neoliberalismo, reduzir as desigualdades enquanto mantinha altos níveis de crescimento econômico. Fraschina ainda conclui que a integração regional é necessária para a industrialização das economias locais e para a proteção contra a crise financeira internacional.

Foto: Flickr / CC / José María Pérez Nuñez.

Integração e participação social são temas prioritários para o Brasil na presidência pro tempore do Mercosul


Integração e participação social são temas prioritários para o Brasil na presidência pro tempore do Mercosul
25 de setembro de 2012 – Agencia Brasil

São Paulo – Integração e participação social serão temas prioritários na gestão do Brasil na presidência pro tempore do Mercosul, de agosto a dezembro deste ano, disse hoje (25) o ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho.
Ele avalia que essa temática ganhou destaque entre os países do bloco diante da recente crise política no Paraguai, que levou ao impeachment do então presidente Fernando Lugo. “O único remédio efetivo contra o golpismo, contra a tentativa de ferir a democracia, é a organização social e a existência de canais permanentes, sólidos e estáveis de participação social”, declarou.
O ministro participou de seminário nesta terça-feira com organizações e movimentos sociais brasileiros em São Paulo, promovido pela Secretaria-Geral da Presidência. O debate é a primeira de três atividades preparatórias para a Cúpula Social do Mercosul, que ocorre entre os dias 4 e 6 de dezembro deste ano, em Brasília. (mais…)