cooperação bilateral

Austrália e Singapura intensificam cooperação bilateral em defesa


Na última sexta-feira (06/05), Austrália e Singapura anunciaram uma série de medidas para intensificar sua cooperação bilateral em defesa. Singapura deve investir 2,25 bilhões de dólares na ampliação de instalações militares no nordeste australiano, que são atualmente usadas para treinamento das Forças Armadas singapurenses, e, em troca, a Austrália permitirá o aumento do número de tropas de Singapura em treino de 6 mil para 14 mil. Fora isso, também estão previstos exercícios militares conjuntos, maior compartilhamento de inteligência, intercâmbio de pessoal militar e civil e um canal de discussão sobre temas securitários e regionais. Isso tudo faz parte das iniciativas da parceria estratégica abrangente firmada entre os dois países em 2015.

Foto: Marinha dos EUA via The Diplomat.

Anúncios

Irã e Coreia do Sul aprofundam relações bilaterais


Nesta segunda-feira (02/05), o presidente do Irã, Hassan Rouhani, e a presidente da Coreia do Sul, Park Geun-hye, encontraram-se em Teerã para aprofundar as relações entre os dois países. 19 acordos foram assinados, entre eles termos de cooperação em transporte marítimo e infraestrutura relacionada, energia e setor petroquímico. Paralelamente também se firmou um contrato que prevê a exportação de gás natural liquefeito do Irã para a Coreia do Sul. Ao todo, espera-se elevar o comércio bilateral de 6 para 18 bilhões de dólares.

Park Geun-hye e Hassan Rouhani. Foto: AP / Ebrahim Noroozi.

África do Sul e Irã aprofundam cooperação bilateral


O Irã e a África do Sul assinaram oito acordos de cooperação neste domingo (24/04), durante visita do presidente sul-africano, Jacob Zuma, ao primeiro país. As áreas abordadas incluem comércio, indústria, investimentos, mineração, agricultura e pesquisa na indústria petrolífera. Os dois países também prometeram aumentar o compartilhamento de inteligência para combater o terrorismo.

Foto: AP / SIPA

Brasil e EUA iniciam desenvolvimento conjunto de vacina contra zika


O ministro da Saúde do Brasil, Marcelo Castro, anunciou, no início de fevereiro, que especialistas dos Estados Unidos virão ao Brasil para iniciar o trabalho de desenvolvimento de uma vacina contra o vírus zika. Ação conjunta é realizada pelos agências públicas de saúde dos dois países e foi acertada em telefonema entre os presidentes Dilma Rousseff e Barack Obama.

019000496_30300

Foto: Reuters / R. Paiva.

Obama reforça cooperação com Brasil na COP 21


O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, telefonou nesta segunda-feira (07/12) para a presidente do Brasil, Dilma Rousseff para tratar da coordenação dos dois países na 21ª Conferência do Clima (COP 21), realizada em Paris.  Os dois líderes conversaram sobre temas relativos à diferenciação de metas para países desenvolvidos e em desenvolvimento, além de outras questões. Ambos reforçaram a cooperação e coordenação bilateral sobre o tema na COP 21.

30112015-stuk8936-editar

Foto: Roberto Stuckert Filho / PR.

Brasil envia missão de cooperação agrícola ao Senegal


A Agência Brasileira de Cooperação enviou ao Senegal a missão de avaliação do Projeto ”Apoio ao Desenvolvimento do Projeto PAIS – Produção Agroecológica Integrada e Sustentável no Senegal”, no período de 6 a 15 de agosto deste ano. Com o apoio do governo senegalês, foram implantadas 11 unidades PAIS pelo país. O foco em cada uma destas foi a estruturação de quatro eixos: horticultura, avicultura, fruticultura e piscicultura.

Foto: ABC.

China e Reino Unido lançam declaração conjunta


A China e o Reino Unido lançaram na última quinta-feira (22/10) uma declaração conjunta sobre a cooperação bilateral em uma grande variedades de temas. Destacam-se os esforços conjuntos para internacionalizar a moeda chinesa, o Renminbi, por exemplo incluindo-a na cesta de moedas do Fundo Monetário Internacional, e o apoio à criação de um grupo de estudos sobre as possibilidades de um acordo de livre comércio China-União Europeia.

Foto: Xinhua / Ju Peng.

Brasil fecha oito acordos com a Colômbia


Em visita oficial à Colômbia na última sexta-feira (09/10), a Presidente do Brasil, Dilma Rousseff, fechou diversos acordos com o país, visando principalmente ao aumento de emprego, renda e investimento em ambas as partes. Os acordos firmados ainda compreendem as áreas de educação e pesquisa científica, desenvolvimento agrário, assuntos indígenas, facilitação no comércio e investimentos. Também destaca-se o projeto de integração sobre região de fronteiras em Tabatinga (AM), na divisa entre os dois países.

Foto: Roberto Stuckert Filho.

Alemanha e Índia ampliam cooperação bilateral


A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, realizou visita oficial à Índia na semana passada. O encontro entre Merkel e o primeiro-ministro indiano Narendra Modi encerrou-se com a assinatura de diversos memorandos de entendimento em economia, segurança e cooperação política. Destacam-se a declaração de posição conjunta na questão da reforma do Conselho de Segurança da ONU e um acordo em que empresas alemãs recebem aprovação “fast-track” para atuar no país asiático.

Angela Merkel e Narendra Modi. Image: Flickr / MEAPhotogallery.

EUA e Índia aprofundam cooperação estratégica e comercial


Em Washington, nos dias 21 e 22 de setembro, realizou-se o primeiro Diálogo Estratégico e Comercial entre Estados Unidos e Índia. Encontro terminou com declaração conjunta e uma série de acordos e iniciativas, aprofundando ainda mais as relações bilaterais. Na área estratégica, destacam-se os entendimentos sobre terrorismo, o futuro encontro trilateral com o Japão, estabilidade regional e o apoio dos EUA à candidatura indiana para membro permanente no Conselho de Segurança da ONU. Em questões comerciais, deu-se importância ao combate ao comércio ilegal e à necessidade de maior transparência. Ainda realizaram-se acordos na área climática e energética. A Índia ainda anunciou a compra de 37 helicópteros da norte-americana Boeing.

Foto: Flickr / MEA Photogallery.

Angela Merkel visita o Brasil para discutir relações bilaterais com a Alemanha


A presidente Angela Merkel chegou a Brasília no último dia 19 de agosto acompanhada de uma comitiva de sete ministros e cinco secretários de Estado para um jantar no Palácio da Alvorada para inaugurar um novo momento de relações entre os dois países. A visita tratou da inclusão do Brasil no seleto grupo de parceiros mais próximos da Alemanha, relação que o país mantém apenas com França, Espanha, Polônia, Israel, Rússia, China e Índia. A partir de agora, um processo de “consultas intergovernamentais” deverá se iniciar, com visitas da comitiva de peso a cada dois anos para a discussão de planos de cooperação em diversas áreas.

Foto: Agência Brasil.

Foto: Agência Brasil.

Grupo de Trabalho de Cooperação Técnica Brasil–Suriname é instituído


No dia 10 de julho foi instituído o Memorando de Entendimento entre Brasil e Suriname, que estabelece o Grupo de Trabalho de Cooperação Técnica bilateral (GT) entre o Brasil e o Suriname, mecanismo que é possível graças ao encerramento ao trabalho desenvolvido pela missão multidisciplinar organizada pela Agência Brasileira de Cooperação (ABC), entre 7 e 10 de julho. Novas iniciativas em cooperação técnica para a produção de cacau, gestão de recursos hídricos, mapeamento geológico e resposta de epidemias foram formuladas, além do plano de trabalho do projeto que fortalecerá o Banco Central do Suriname.

Foto: Agência Brasileira de Cooperação.

Foto: Agência Brasileira de Cooperação.

China propõe maior cooperação em negócios com a Turquia


Em encontro do presidente chinês Xi Jinping com o presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, nesta quinta-feira (30/07), em Pequim, ambos os países manifestaram interesse em futuros planos de cooperação em negócios. Ferrovias de alta velocidade, inovação em energia, aviação e investimentos financeiros através da construção de um ambiente favorável para investidores dos países foram as áreas particularmente destacadas como oportunidades para o fortalecimento entre os governos chinês e turco.

Foto: Xinhua, Pang Xinglei.

Recep Erdogan e Xi Jinping. Foto: Xinhua / Pang Xinglei.

Brasil e Peru pretendem ampliar suas relações comerciais


Reuniram-se em Lima, nesta terça-feira (21/07), o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior do Brasil, Armando Monteiro, e a ministra peruana de Comércio Exterior e Turismo, Magali Silva, para a realização de reuniões para a renovação da agenda bilateral dos países, permitindo possíveis ampliações das suas relações comerciais. Em declaração em coletiva de imprensa, os ministros afirmaram que pretendem fortalecer o Acordo de Complementação Econômica número 58 (ACE-58), cronograma de reduções tarifárias que permite uma ampliação do acesso de ambas as economias a seus mercados e estimula um aumento de fluxo de investimentos.

 Estados Unidos, Venezuela e Paraguai na Geopolítica da América do Sul

Primeiro-ministro chinês encontra vice-presidente sul-africano


O atual primeiro-ministro chinês, Li Keqiang, encontrou com o vice-presidente sul-africano Cyril Ramaphosa nesta terça-feira (14/07), em uma reunião que fortaleceu a cooperação entre os países nas áreas de infraestrutura, energia, agricultura e indústria. A reunião também relembrou o 15° aniversário de fundação do Fórum de Cooperação China-África (FOCAC, da sigla em inglês), que será celebrado em uma reunião na África do Sul a ser presidida por líderes de ambos os países. Na reunião, a China comprometeu-se a cooperar para o fortalecimento das linhas de montagem industriais sul-africanas.

Foto: Xinhua, Wang Ye

Foto: Xinhua, Wang Ye

 

Japão e Malásia celebram parceria estratégica


Em visita do primeiro-ministro malaio Najib Razak a Tóquio esta semana, Japão e Malásia elevaram suas relações bilaterais para o status de parceria estratégica. Entre os tópicos que devem ser focados estão a cooperação multilateral global e regional, economia, cultura e paz e segurança. Um ítem específico que recebeu grande atenção foi a segurança marítima: ambos os países têm interesses marcados no Mar do Sul da China e preocupam-se com a crescente influência de Pequim na região; o Japão deve fortalecer a guarda costeira da Malásia.

Najib Razak e Shinzo Abe. Foto: Ministério de Relações Exteriores do Japão.

Indonésia e EUA fortalecem cooperação em defesa


A Indonésia e os Estados Unidos concordaram em aprofundar seus laços estratégicos através de novos acordos de cooperação em defesa. Estes incluem o compartilhamento de inteligência, cibersegurança, combate ao terrorismo e intercâmbio de tecnologias militares industriais. Segundo Jacarta, a intensificação dos laços securitários entre os dois países se dá devido a uma evolução das ameaças na região Ásia-Pacífico.

Foto: Daily Indonesia.

Indonésia e Japão fortalecem cooperação militar e marítima


Indonésia e Japão querem estabelecer um novo fórum de alto-nível sobre questões marítimas. Durante visita do presidente indonésio Joko Widodo a Tóquio, a iniciativa ficou acertada com Shinzo Abe, visando a aprofundar a cooperação estratégica entre os países, principalmente em questões de defesa. A cooperação marítima foi o tema principal do documento que resultou do encontro entre Abe e Widodo, reforçando sua preocupação comum pela paz e estabilidade nos mares de sua região. Os dois países marítimos creem que o novo fórum vai contribuir para que se atinja esses objetivos.

Foto: Ministério das Relações Exteriores do Japão

Foto: Ministério das Relações Exteriores do Japão

China e Indonésia visam a maior cooperação em infraestrutura


Nesta sexta-feira (27/03), o primeiro ministro chinês, Li Keqiang, e o presidente indonésio, Joko Widodo, comprometeram-se com maior cooperação bilateral para a construção de infraestrutura e para investimentos. Keqiang enfatizou que a China encorajará empresas a investirem em ferrovias e parques industriais portuários na Indonésia. Já Widodo ressaltou a importância do fortalecimento da cooperação entre os dois países em energia e indústria marítima, entre outros. A Indonésia é membro fundador do recém-criado Banco Asiático de Investimento em Infraestrutura, capitaneado por Pequim.

Widodo (E) e Keqiang. Foto: Xinhua / Xie Huanchi.

Joko Widodo (E) e Li Keqiang em Pequim. Foto: Xinhua / Xie Huanchi.

Militares britânicos começam a treinar tropas da Ucrânia


Militares do Reino Unido deram início a programas de treinamento de soldados ucranianos, os quais deverão ser deslocados para o front de batalha após dois meses. Britânicos estão localizados na cidade de Mykolaiv no sul da Ucrânia. De acordo com as forças armadas britânicas, o treinamento deve incluir somente táticas defensivas e de apoio medicinal. Além disso, equipamento não letal deverá ser dado aos ucranianos.

Foto: Vasily Maximov / AFP / Getty Images

Foto: Vasily Maximov / AFP / Getty Images

Jordânia e Israel fecham acordo para levar água do Mar Vermelho para o Mar Morto


Acordo histórico assinado entre Israel e Jordânia deverá transferir água do Mar Vermelho ao Mar Morto, combatendo a escassez de água que ameaça este último. Um sistema de bombeamento será construído para transportar cerca de 300 milhões de metros cúbicos de água por ano para assegurar que o Mar Morto não desapareça. Com um gasto total de 900 milhões de dólares, o sistema de bombeamento deverá também fornecer água em Israel e na Palestina.

Mar Morto. Foto: Reuters / Ali Jarekji

O Mar Morto está secando, podendo desaparecer até 2050.
Foto: Reuters / Ali Jarekji

(mais…)

Rússia e Chipre Grego assinam acordo militar sobre acesso a porto


Chipre Grego e Rússia assinaram acordo de cooperação militar que garante acesso de navios militares russos a portos na ilha no mediterrâneo, cuja economia depende de investimentos russos. O acordo causou desconforto na União Europeia, que impõe sanções ao país eurasiano. Para tentar driblá-las, a Rússia fortaleceu suas relações bilaterais com países da UE, como o Chipre, Grécia e Hungria. O presidente cipriota, Nicos Anastasiades, criticou as sanções impostas à Rússia pelo ocidente.

Foto: Yuri Kadobnov / Pool

Foto: Yuri Kadobnov / Pool

Ucrânia assina acordo militar com Emirados Árabes Unidos


O presidente ucraniano Petro Poroshenko assinou com os Emirados Árabes Unidos um acordo de cooperação militar e técnica. O acordo deve facilitar investimentos árabe-emiradenses na Ucrânia. Poroshenko espera assinar outros acordos do tipo com a Europa e com os Estados Unidos como parte de seus esforços na disputa militar no leste ucraniano.

Foto: Gleb Garanich / Reuters

Foto: Gleb Garanich / Reuters

Reino Unido enviará consultores militares para treinar infantaria ucraniana


O primeiro ministro britânico, David Cameron, revelou que o país enviará consultores militares para treinar a infantaria ucraniana, além de aconselhar Kiev quanto a logística, tratamento médico e inteligência tática. É a primeira vez que militares britânicos chegarão na Ucrânia desde que começou a guerra civil no país. A atitude do governo britânico foi criticada por confirmar a ideia de que a ação russa é uma legítima defesa dos avanços da OTAN sobre seu território estratégico.

Foto: Vasily Maximov / AFP / Getty Images

Foto: Vasily Maximov / AFP / Getty Images

Croácia e Macedônia assinam acordo de cooperação em defesa


A Croácia e a República da Macedônia assinaram um acordo de cooperação técnica militar na última terça-feira (10/02). Técnicos croatas deverão fazer inspeções e testes em helicópteros macedônios Mi-8/17/24. Em contrapartida, militares croatas terão 32 horas de treinamento para helicópteros Mi na Macedônia.

Imagem: n.i

Imagem: n.i

Argentina e China formam grupo de trabalho para aquisição de caças chineses


Foi revelado no último dia 05/02 que a Argentina e a China estão formando um grupo de trabalho para introduzir caças chineses na Força Aérea Argentina. Pequim forneceria caças CAC FC-1/JF-17 ou CAC J-10 aos argentinos. A renovação da frota de caças argentinos também recebeu oferta russa de cessão de caças Sukhoi Su-24. A Argentina cogitou várias possibilidades, inclusive caças suecos Gripen E/F, cuja negociação foi vetada pelo Reino Unido devido a preocupações com as ilhas Malvinas.

O caça J-10 é uma das opções da Argentina. Foto: PA

O caça J-10 é uma das opções da Argentina.
Foto: PA

Argentina e China aprofundam parceria estratégica


A presidenta da Argentina, Cristina Kirchner, fez viagem oficial a Pequim, onde conversou com o presidente chinês Xi Jinping sobre o aprimoramento da parceria estratégica entre os países. Xi pronunciou-se com otimismo sobre a relação bilateral, desejoso que se aprofundem os laços comerciais e e diplomáticos entre os países. Ele ainda comentou que, após avanços nas áreas de infraestruruta logística e na produção de bens primários, os dois países devem debater sobre energia nuclear no futuro.

Foto: Xinhua News

Foto: Xinhua News

África do Sul e Sudão intensificam cooperação bilateral


Em visita oficial ao Sudão, o presidente sul-africano Jacob Zuma afirmou que o país pretende assinar um acordo que avance a cooperação entre os dois países em vários setores. As relações bilaterais evoluíram para relações “ministeriais”, ou seja, ministros dos dois países tratarão dos temas de cooperação diretamente. Além disso, a África do Sul se comprometeu em promover uma solução para o conflito no Sudão do Sul.

O presidente sul-africano, Jacob Zuma. Foto: Sunday Times

O presidente sul-africano, Jacob Zuma.
Foto: Sunday Times

Rússia e Índia avançam diálogo para produção conjunta de caças


Em visita do Ministro da Defesa russo, Sergei Shoigu, à Índia, os dois países avançaram no diálogo para o desenvolvimento conjunto de um caça de quinta geração. O projeto, acordado em 2010, está estagnado por discordâncias sobre quanto cada parceiro deve investir e sobre o desenho ideal das aeronaves. Shoigu disse ao primeiro ministro indiano, Narendra Modi, que a Rússia deseja agora avançar rápido neste projeto, bem como na produção de 400 helicópteros de última geração em território indiano.

Foto: Reuters / Governo da Índia / handout

Foto: Reuters / Governo da Índia / handout

Colômbia e Equador apresentam resultados do processo de integração e desenvolvimento fronteiriço


Os chanceleres de Colômbia e Equador apresentaram resultados da cooperação binacional para integração e desenvolvimento fronteiriços. Os dois países vêm avançando com projetos de integração de infraestrutura e de segurança nas suas fronteiras.

Foto: Ministerio de Relaciones Exteriores y Movilidad Humana

Foto: Ministerio de Relaciones Exteriores y Movilidad Humana

(mais…)