cooperação econômica

Índia e Sri Lanka prometem aumentar cooperação securitária e econômica


Em encontro do primeiro-ministro do Sri Lanka, Ranil Wickremesinghe, ao primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, ambos prometeram aumentar a cooperação bilateral econômica e securitária. Os dois líderes consideram a estabilidade do Oceano Índico fundamental para o desenvolvimento de ambos os países. Também espera-se a assinatura de um acordo econômico abarcando infraestrutura, tecnologia e comércio até o fim deste ano.

Foto: Flickr / MEAphotogallery.

Anúncios

Japão e Vietnã aumentarão cooperação em defesa


Em visita oficial a Tóquio nesta terça-feira (15/09), o Secretário Geral do Partido Comunista do Vietnã, Nguyen Phu Trong, encontrou-se com o premiê japonês Shinzo Abe. Ambos afirmaram a necessidade de maior cooperação na área econômica e de defesa. Também foi assinado um acordo de cooperação entre as guardas costeiras dos dois países. O Japão ainda comprometeu-se a prover mais navios a Hanói.

Foto: Xinhua / Ma Ping.

Brasil e Peru pretendem ampliar suas relações comerciais


Reuniram-se em Lima, nesta terça-feira (21/07), o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior do Brasil, Armando Monteiro, e a ministra peruana de Comércio Exterior e Turismo, Magali Silva, para a realização de reuniões para a renovação da agenda bilateral dos países, permitindo possíveis ampliações das suas relações comerciais. Em declaração em coletiva de imprensa, os ministros afirmaram que pretendem fortalecer o Acordo de Complementação Econômica número 58 (ACE-58), cronograma de reduções tarifárias que permite uma ampliação do acesso de ambas as economias a seus mercados e estimula um aumento de fluxo de investimentos.

 Estados Unidos, Venezuela e Paraguai na Geopolítica da América do Sul

China e América Latina: um novo modelo de cooperação


No contexto da visita do primeiro-ministro chinês, Li Keqiang, à América do Sul — especificamente Brasil, Colômbia, Peru e Chile — , a Comissão Econômica da América Latina e Caribe (CEPAL) lançou um documento em que afirma que a próxima conquista latino-americana deve ser a diversificação dos produtos exportados para a potência asiática, visando a trocas em  setores de maior valor agregado e reduzindo a dependência de produtos primários. Já a analista Shannon Tiezzi assevera que a China está consciente desse desafio e procura cooperar com os países da região para que convertam suas pautas de exportação para garantir a sustentabilidade de seu desenvolvimento. Com efeito, a CEPAL afirma que, na medida em que a cooperação com a China ajude a suprimir lacunas regionais em matéria de infraestrutura e logística, o comércio intrarregional latino-americano pode ser estimulado, bem como a formação de cadeias regionais de valor.

Li Keqiang. Foto: Agência Brasil / Marcelo Camargo.

Argentina e China aprofundam parceria estratégica


A presidenta da Argentina, Cristina Kirchner, fez viagem oficial a Pequim, onde conversou com o presidente chinês Xi Jinping sobre o aprimoramento da parceria estratégica entre os países. Xi pronunciou-se com otimismo sobre a relação bilateral, desejoso que se aprofundem os laços comerciais e e diplomáticos entre os países. Ele ainda comentou que, após avanços nas áreas de infraestruruta logística e na produção de bens primários, os dois países devem debater sobre energia nuclear no futuro.

Foto: Xinhua News

Foto: Xinhua News

África do Sul e Sudão intensificam cooperação bilateral


Em visita oficial ao Sudão, o presidente sul-africano Jacob Zuma afirmou que o país pretende assinar um acordo que avance a cooperação entre os dois países em vários setores. As relações bilaterais evoluíram para relações “ministeriais”, ou seja, ministros dos dois países tratarão dos temas de cooperação diretamente. Além disso, a África do Sul se comprometeu em promover uma solução para o conflito no Sudão do Sul.

O presidente sul-africano, Jacob Zuma. Foto: Sunday Times

O presidente sul-africano, Jacob Zuma.
Foto: Sunday Times

O pivô para a ASEAN da Coreia do Norte


Da mesma forma que China, Japão e Estados Unidos, a Coreia do Norte está construindo sua própria estratégia para os países do sudeste asiático, congregados na ASEAN. Há uma semana, uma delegação liderada pelo vice-ministro de relações exteriores norte-coreano iniciou uma viagem por sete países da região. Pyongyang deseja realizar cooperação militar e econômica com a ASEAN, tentando vencer seu isolamento diplomático. Diferentemente das potências que se aproximam do sudeste asiático, a Coreia do Norte o faz como um igual entre iguais.

Pyongyang Foto: Thomaz Napoleão.

Pyongyang
Foto: Thomaz Napoleão.

Assinatura de acordos intensifica cooperação econômica entre Alemanha e China


Em mais uma visita oficial à China, Angela Merkel assinou nesta segunda (7) seis acordos – num total de 2 bihões de euros – que estreitam relações comerciais com a China. Em encontro com o primeiro ministro chinês, Li Keqiang, Merkel destacou a necessidade de mais acesso ao mercado, transparência e igualdade para as empresas alemãs.

Foto: Reuters

Foto: Reuters

(mais…)

Japão e Espanha querem fortalecer relações


Shinzo Abe e Mariano Rajoy, primeiros-ministros de Japão e Espanha respectivamente, concordaram em promover maior cooperação econômica e aumentar laços securitários entre os dois países. Espanha deve ajudar o Japão a aumentar presença comercial na América Latina, enquanto o Japão ajuda a Espanha no leste asiático.

Shinzo Abe e Mariano Rajoy. Foto: AP.

Shinzo Abe e Mariano Rajoy. Foto: AP.

(mais…)

Japão modera suas críticas à Rússia quanto à situação na Ucrânia


A incursão russa na Ucrânia pôs o Japão em alerta. Temor é que pressão dos aliados ocidentais para que o Japão também sancione economicamente a Rússia possa solapar as iniciativas bilaterais entre os dois países, que vêm tentando melhorar suas relações bilaterais.

Foto: AP.

Foto: AP.

(mais…)

UE oferece à Ucrânia US$ 15 bi em ajuda para reformas econômicas


A Comissão da União Europeia (UE) anunciou nesta quarta-feira (05/03) que irá prover a Ucrânia com 15 bilhões de dólares em ajuda financeira para reformas econômicas e institucionais no país.

Foto: Site da UE.

Foto: Site da UE.

(mais…)

EUA suspende cooperação militar e negociações econômicas com a Rússia


Os Estados Unidos suspenderam as negociações sobre acordos de investimento e de comércio com a Rússia que estavam planejadas para ocorrer em breve. Além disso, o Pentágono anunciou que os EUA também suspenderam todos os “engajamentos militares conjuntos” com a Rússia devido à situação na Ucrânia.

Foto: Reuters / Jason Reed.

Foto: Reuters / Jason Reed.

(mais…)

Dilma diz que UE e Mercosul nunca estiveram tão perto de livre-comércio


Em Bruxelas para a 6ª Cúpula Brasil-União Europeia, a presidente Dilma Rousseff falou que há um momento oportuno para acordo entre os blocos europeu e sul-americano e rebateu a contestação da UE sobre Zona Franca de Manaus. Reunião em março deve acelerar negociações para acordo Mercosul-UE.

Foto: DW / L. Frey.

Foto: DW / Luisa Frey.

(mais…)

Brasil reforça influência em Cuba


Megaprojeto no Porto de Mariel confirma crescente interesse brasileiro de aumentar a cooperação econômica com Cuba, como deixou claro a presidente Dilma em Havana. Para especialistas, governo brasileiro já mira eventual fim do embargo por parte dos Estados Unidos.

Dilma Rousseff e Raul Castro. Fonte: Reuters.

Dilma Rousseff e Raul Castro. Fonte: Reuters.

(mais…)

A aproximação econômica da Rússia e Japão em meio aos processos de cooperação e conflitos da Ásia-Pacífico


Kurile Islands get a name

Asia Times – 12/09/2012 – por M. K. Bhadrakumar

A significant outcome of the Asia-Pacific Economic Cooperation (APEC) forum may turn out to be the fillip it gave to the recent trends in Russia-Japan relations. In his recap at the end of the summit in Vladivostok over the weekend, President Vladimir Putin said: “Japan is our key partner in the region. We want to settle all the problems that we have inherited from the past. We have agreed that Japanese Prime Minister Yoshihiko Noda will pay a visit to Russia to discuss all such problems in a calm atmosphere.”

The Japanese side is already eyeing a December visit to Moscow for Noda. Putin added: “I had an impression that the Japanese prime minister was satisfied with the progress of the Japanese businesses in Russia.” (mais…)

Cresce integração regional entre Turquia, Afeganistão e Paquistão


Mapa: n.i.

Istanbul Forum goals look good on paper

Asia Times – 09/08/2012 – por Egemen Bezci e James Warhola

Turkey has recently used the Istanbul Forum for Economic Cooperation Between Turkey, Afghanistan, and Pakistan as a platform for advocating increased regional integration among itself and these two countries, primarily in order to promote economic development but also to help resolve an array of seemingly intractable political, social, and security problems.

This forum was established in October 2007. In advocating increased regional integration, Turkey has also implicitly presented itself as a sort of “model” for much of the region to its geographical east. Can these ventures – increased regional integration and Turkey serving as exemplar – succeed? In considering this question, it is useful to bear in mind global experience with such efforts in the late modern era.  (mais…)

Brasil e Coreia do Sul promoverão encontro para fortalecer cooperação econômica


Foto: n.i.

S. Korea, Brazil to hold talks to boost economic cooperation

Yonhap – 18/10/2011

The finance ministers from South Korea and Brazil will hold a meeting to discuss ways to boost their bilateral and global economic cooperation amid worries that the European fiscal debt problems could spread to the rest of the world, Seoul officials said Tuesday.

The meeting, the second of its kind, will be held in Brasilia on Tuesday (local time) between Finance Minister Bahk Jae-wan and his Brazilian counterpart Guido Mantega, according to the ministry officials.

Fonte: http://english.yonhapnews.co.kr/news/2011/10/18/0200000000AEN20111018002500320.HTML