Costa Rica

Costa Rica retira-se de bloco regional da América Central


Na última quarta-feira (29/06), em Honduras, teve início a 47ª Cúpula do Sistema de Integração Centro-Americano (SICA), reunindo representantes dos seus oito países membros. Como ponto central da reunião, houve a discussão sobre a retirada da Costa Rica da organização. O país optou por abandonar a sua filiação após a recusa dos demais países membros em apoiarem as suas propostas de reforma e reestruturação da instituição, tendo o presidente Luis Guillermo Solís optado por comparecer à reunião da Aliança do Pacífico, de ocorrência simultânea. Além dessa questão, foram debatidos pontos relativos a possibilidade de formação de uma união aduaneira na América Central.

Foto: Ansur.

11ª Cúpula da Aliança do Pacífico ocorre no Chile


Na última terça-feira (29/06), teve início a 11ª Cúpula da Aliança do Pacífico, reunindo os Chefes de Estado dos quatro países membros (Chile, Peru, Colômbia e México) e de dois países observadores (Argentina e Costa Rica). Na ocasião, o chanceler chileno Heraldo Muñoz celebrou a visita dos recém-eleitos Maurício Macri, da Argentina, e Pedro Pablo Kuczynski, do Peru como atores importantes para promoção dessa iniciativa regional. Já o presidente argentino pretende criar mais vínculos do Mercosul com a Aliança, a qual também deve se tornar uma área de livre comércio na América Latina.

Presidentes da Aliança do Pacífico. Foto: Nodal.

Candidato da centro-esquerda é eleito presidente da Costa Rica


Luis Guillermo Solís foi eleito presidente da Costa Rica, após ter conquistado mais de 70% dos votos no segundo turno das eleições desse domingo (06/04). A vitória do historiador é a primeira de candidato de um terceiro partido (Ação Cidadã, centro-esquerda) em décadas. O candidato do Partido Libertação Nacional (PLN), no poder, Johnny Araya, conquistou 22,31% dos votos mesmo tendo desistido de concorrer.

Foto: Efe.

Foto: Efe.

(mais…)

Na Costa Rica, candidato governista desiste do segundo turno


Johnny Araya, candidato governista para a presidência anunciou sua desistência a um mês da realização do segundo turno das eleições. Pesquisas indicavam que o direitista estava 40 pontos atrás do rival. Ao renunciar, Araya afirmou que a campanha estava “muito difícil”. Atitude não está prevista no código eleitoral do país e gera incertezas.

Johnny Araya. Foto: Efe.

Johnny Araya. Foto: Efe.

(mais…)

Costa Rica terá segundo turno para eleger presidente


Os resultados preliminares das eleições presidenciais e legislativas na Costa Rica, realizadas ontem (02/02), indicam que haverá segundo turno no país para a escolha do novo presidente. Luis Guillermo Solís, do Partido Ação Cidadã (Acción Ciudadana), teve 30,85% dos votos e disputará a Presidência com o governista Johnny Araya, do Partido Liberação Nacional, que conquistou 29,61% na parcial.

Fonte: Costa Rica Resorts.

Fonte: Costa Rica Resorts.

(mais…)