Digitalização

Orçamento e projetos das Forças Armadas em debate na Câmara dos Deputados


A necessidade de manter os investimentos nos principais projetos das Forças Armadas do Brasil marcou as discussões da audiência pública realizada nesta terça-feira (09/04) na Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (Creden) da Câmara dos Deputados. O ministro da Defesa, Celso Amorim, expôs os principais programas da Marinha, do Exército e da Aeronáutica, bem como tratou de questões sobre a atuação dos militares na faixa de fronteira e em operações de garantia da lei e da ordem (GLO). Amorim também informou que nos últimos 10 anos os investimentos da pasta deram um salto significativo e que se pretende que o setor saia de 1,5% do Produto Interno Bruto (PIB) para 2,5% do PIB nos próximos anos.

Foto: Jorge Cardoso / MD.

Foto: Jorge Cardoso / MD.

(mais…)

Anúncios

Índia põe em órbita satélite de navegação similar aos do GPS


A Índia lançou para o espaço com sucesso o satélite de navegação IRNSS-1B, o segundo de sete satélites que devem compor um sistema de posicionamento global alternativo ao GPS, dos EUA.

Foto: AFP / ISRO.

Foto: AFP / ISRO.

(mais…)

Quem vai mover as turbinas do Brasil?


Em editorial da Carta Maior, Saul Leblon critica políticas econômicas neoliberais para o desenvolvimento do Brasil e defende que o Estado seja o indutor do desenvolvimento tecnológico para ensejar maior crescimento econômico na economia brasileira, notadamente no caso da produção de turbinas, a exemplo do que os EUA fazem hoje para com sua indústria.

Foto: Carta Maior.

Foto: Carta Maior.

(mais…)

Brasileiros criam microturbina para mísseis


A empresa Polaris, de São José dos Campos (SP), desenvolveu uma microturbina para mísseis e negocia a venda do equipamento a fabricantes internacionais de armamentos. Empresa não tem capital suficiente pra realizar a produção no Brasil.

Imagem: Divulgação.

Imagem: Divulgação.

(mais…)

Ciclo de Palestras em Porto Alegre discute o problema da espionagem na Petrobrás


Ciclo de Palestras no Clube de Cultura de Porto Alegre discute diversos aspectos do problema espionagem dos Estados Unidos no Brasil. No dia 07 o prof. Dr. Nilo Castro discute a guerra da informação e o problema do controle das comunicações, a questão da espionagem e infiltração estrangeira,  no setor de comunicações no Brasil.  No dia 09 o prof. Dr. Lucas Kerr Oliveira discute  o problema da espionagem dos Estados Unidos na Petrobrás. Nos dias 11 e 13 de novembro, respectivamente, os prof.s Thiago Borne e Christiano Ambros discutem aspectos tecnológicos e estratégicos da espionagem, com suas implicações para a digitalização, para a guerra cibernética e para o setor espacial brasileiro.

DIÁRIO DO PRÉ-SAL

Ciclo de Palestras no Clube de Cultura de Porto Alegre discute diversos aspectos da questão da inteligência e espionagem dos Estados Unidos no Brasil, incluindo palestra específica sobre o problema da espionagem na Petrobrás.

Ciclo de Palestras no Clube de Cultura - Inteligência e Espionagem no Brasil 2013

Ver o post original

A “nova” guerra da TV a cabo


 

A guerra da TV a cabo

Por AdminBlogs em 15/06/2011 no programa nº 1570

Folha de S.Paulo desta quarta-feira, dia 15, abre espaço para acusações de empresas de telefonia contra o grupo Globo. Segundo a reportagem, o maior conglomerado brasileiro de comunicação tenta barrar a tramitação, no Congresso Nacional, do projeto de Lei Complementar no. 116, que abre o mercado de televisão a cabo para as operadoras de telefonia e extingue as restrições ao capital estrangeiro no setor.

Apesar de não trazer declarações oficiais, a reportagem oferece informações suficientes para que o leitor entenda a guerra que se trava nos bastidores do Congresso.

Paralelamente, pode-se observar, a partir da notícia, como os interesses de negócio das empresas de comunicação podem afetar o conteúdo jornalístico.

Considerando-se que seja verdadeiro tudo que traz a notícia da Folha, é de se levar em conta que tipo de negociação a Globo pode estar fazendo, e há quanto tempo, para assegurar a lealdade de parlamentares, com os quais estaria tentando obstruir uma lei que não lhe interessa ver aprovada. (mais…)

O japonês K é o mais veloz entre os supercomputadores


La japonesa K es la más veloz entre las supercomputadoras

BBC Mundo – 20/06/2011

Una supercomputadora de origen japonés, de nombre K y con capacidad de llevar a cabo miles de millones de cálculos en un segundo se convirtió en la más veloz del mundo según se dio a conocer en la Conferencia Internacional de Supercomputadoras (ISC, por sus siglas en inglés).

El nuevo modelo logró registrar un rendimiento hasta tres veces más rápido que su antecesora, la china Tianhe-1A, que “sólo” es capaz de alcanzar poco más de 2,5 petaflops.

Si un petaflop equivale a 10 elevado a la 15, (o un 1 seguido de 15 ceros) de operaciones por segundo, el rendimiento de la K Computer es similar al que se podría lograr con un millón de computadoras personales, según explicó el profesor Jack Dongarra, encargado de elaborar la lista de las 500 computadoras más rápidas del mundo en base a su habilidad por procesar simples ecuaciones matemáticas.

El tercer lugar de la lista lo ocupa la computadora apodada Jaguar, propiedad del Laboratio Nacional Oak Ridge de Tennessee, en Estados Unidos, que tiene una velocidad máxima de 1,75 petaflops.

Estados Unidos ocupa otros cuatro puestos entre las diez computadoras más rápidas, pero es el auge de China el que sigue llamando la atención al contar con dos representantes en esta lista.

Una de las claves del diseño de la firma Fujitsu para lograr el récord es que incorpora un procesador de creación propia que se aleja de la tendencia de otras supercomputadoras, que usan productos Intel y AMD.

Debido a su vasto tamaño, que consiste actualmente en 672 compartimentos y que se ampliará hasta los 800, la supercomputadora japonesa requiere de energía eléctrica equivalente a 10.000 hogares y su funcionamiento cuesta alrededor de US$10 millones.

“No se trata de un modelo ineficiente, pero su consumo es proporcional a su tamaño”, comentó Hans Meuer, director general de la ISC.

Sin embargo, estas cifras generan dudas sobre su capacidad de evolución en el futuro.

“Tiene un rendimiento impresionante”, elogió el director general de centro de datos de Intel, Kirk Skaugen. “Pero usa la mitad de la energía en 8 petaflops de lo que nosotros consideramos que necesitamos para alcanzar 1.000 petaflops (en 2018)”.

Irã quer criar internet fechada


Irã quer criar internet fechada

TI inside online – 30/05/2011

Com o objetivo de criar uma versão da internet que não mostre insatisfações com o governo ou informações ideologicamente contrárias ao regime, o Irã planeja criar sua própria web, o que pode, como efeito, representar o fim do uso da rede mundial naquele país. A meta do governo com a iniciativa é controlar os conteúdos aos quais a população tem acesso.

Segundo informações do The Wall Street Journal, a medida representa uma “nova e agressiva forma de censura”. O governo iraniano vê o projeto como uma maneira de acabar com a luta pelo controle da internet, segundo observadores da política iraniana, dentro e fora do país.

Além disso, a internet nacional representa uma forma de reduzir custos para os consumidores e de defender os chamados “códigos morais islâmicos”. De acordo com o projeto em gestação no governo, 60% dos domínios de internet pessoais e de empresas seriam novos, da rede interna, no prazo de um ano. Depois, seria estendido para todo o país, em dois anos, segundo explicou o diretor do instituto de pesquisa do ministério das telecomunicações do Irã, Reza Bagheri. (mais…)

Venezuela lançará satélite de observação em 2012


SATELITE DE OBSERVACION SERA LANZADO EN 2012

CARACAS, 26/05/2011 (ANSA)- Los gobiernos de Venezuela y China firmaron hoy un acuerdo para el lanzamiento de un satélite de observación terrestre que será construido en este país. Ricardo Menéndez, ministro de Ciencia, Tecnología e Industrias Intermedias, durante el acto de la firma con la delegación China de Great Wall Industry Corporation, dijo que el satélite geoestacionario, VRSS-1, será puesto en órbita en octubre de 2012.

Menéndez afirmó que “este lanzamiento se da en momentos en que el imperio agrede expresamente a PDVSA y con eso a nuestro petróleo y a nuestro pueblo”. (mais…)

Navegação via satélite chinesa terá crescimento explosivo


Chinese satellite navigation to see explosive growth 

People’s Daily Online/ Por Wang Hanlu – 26/05/2011

At the recent Second Annual Conference on China’s Satellite Navigation, an official said China’s satellite navigation industry will enter an explosive period once relevant techniques grow mature, and the annual value of production of the industry is expected to hit 400 billion yuan by 2020.

Ran Chengqi, the director of China’s Satellite Navigation System Administration Office, revealed that: “China has already listed satellite navigation as one part of seven national major strategic new industries, and its application industries are meeting great opportunities.” (mais…)

Brasil pode ter 12 fabricantes de tablets


Brasil pode ter 12 fabricantes de tablets

Redação do Site Inovação Tecnológica – 23/05/2011

O governo acaba de dar um passo importante para incentivar a produção de tablets no Brasil e tornar o produto mais acessível à população.

Foi publicada no Diário Oficial da União a Medida Provisória 534, que inclui na chamada “Lei do Bem” os computadores portáteis (tipo prancheta).

Os conhecidos tablets passam a pertencer à mesma categoria dos computadores convencionais e notebooks, definidos na MP como “máquinas automáticas de processamento de dados, portáteis, sem teclado, que tenham uma unidade central de processamento com entrada e saída de dados por meio de uma tela sensível ao toque de área superior a 140 cm2 (Tablet PC)”.

A medida permite a isenção de impostos sobre o produto, como PIS/COFINS. Com isso, o preço dos tablets deverá ficar mais baixo na comparação com o similar importado.

A regulamentação faz parte de um acordo entre o governo federal e a iniciativa privada para alavancar a produção dos equipamentos no Brasil. (mais…)

Petrobrás vai investir US$ 200 milhões por ano no desenvolvimento de novas tecnologias para o pré-sal


Energia Hoje, 04/05/2011

US$ 200 mi para o P&D do pré-sal

 João Montenegro

A Petrobras deverá investir em média entre US$ 150 e US$ 200 milhões por ano no desenvolvimento de novas tecnologias para o pré-sal. O gerente executivo do Pré-sal da Petrobras, José Formigli, estima que a demanda de P&D voltada para a nova fronteira deverá consumir de 15% a 20% do orçamento para pesquisa da companhia, da ordem de US$ 1 bilhão anuais.

Formigli destacou como mais crítico nos próximos cinco anos o desenvolvimento de linhas flexíveis mais competitivas na comparação dutos rígidos para interligação dos poços, o monitoramento de reservatórios com recursos de nanotecnologia ou completação inteligente e a miniaturização dos componentes da planta de processo na superfície. “O metro quadrado nas plataformas do pré-sal será mais caro do que em qualquer cidade do mundo”, comparou.

Entre os motivos para a otimização está a necessidade de comportar grandes sistemas de reinjeção de CO2, que vai variar de 8% a 15% na produção do pré-sal.

(mais…)

Preços de Metais Raros sobem conforme a oferta permanece estagnada


Rare Earth Prices Soar as Supplies Stay Tight

The New York Times – 02/05/2011 – By

HONG KONG — Rare earth prices are reaching rarefied heights.

World prices have doubled in the last four months for rare earths — metallic elements needed for many of the most sophisticated civilian and military technologies, whether smartphones or smart bombs.

And this year’s increases come atop price gains of as much as fourfold during 2010.

The reason is basic economics: demand continues to outstrip efforts to expand supplies and break China’s chokehold on the market. (mais…)

Rolls-Royce amplia serviços de manutenção de turbinas aeroderivadas no Brasil


Manutenção de Turbinas aeroderivadas da Rolls Royce - a Petrobrás utiliza diversos modelos de turbinas aeroderivadas, a maior parte em plataformas petrolíferas
Revista Fator Brasil
30/04/2011

Rolls-Royce amplia serviços de reparo e revisões de turbinas a gás no Brasil

Mais de 30 turbinas RB211 estão em operação no país, a maioria instalada em plataformas offshore da Petrobras.

A Rolls-Royce, empresa global de sistemas de energia, anuncia sua intenção de fornecer serviços de reparo e revisão das turbinas industriais a gás RB211, na sua unidade de serviços de turbinas aeronáuticas em São Bernardo do Campo, São Paulo.

A nova instalação de serviço, que deverá estar operacional até o final de 2012, será fornecida pela Rolls-Wood Group, tradicional joint venture de reparo e revisão entre a Rolls-Royce e Wood Group.

Os investimentos da Rolls-Royce no Brasil, em um total de 120 milhões de dólares a partir deste ano, irão substituir importações de equipamentos e serviços no valor de US$ 1,5 bilhão ao longo da próxima década.

(mais…)

GE planeja fabricar no Brasil as turbinas aeroderivadas para plataformas petrolíferas


Modelo de turbina a gás aeroderivada GE LM2500 - utilizada em navios e plataformas petrolíferas

Modelo de turbina a gás aeroderivada GE LM2500 - utilizada em navios e plataformas petrolíferas

Estadão,  27 de abril de 2011

GE planeja produzir no País turbinas para plataformas

Alexandre Rodrigues

Agencia Estado

 RIO – O presidente da General Electric (GE) no Brasil, João Geraldo Ferreira, disse hoje que a companhia tem planos de produzir no Brasil turbinas para geração de energia em plataformas de produção de petróleo. Segundo ele, com a exploração das reservas da camada pré-sal, a multinacional americana identifica demanda suficiente para essa atividade no Brasil.

“Temos planos de fabricar e, obviamente, de fazer a manutenção também”, limitou-se a dizer o executivo, que não quis indicar em quanto tempo a empresa pretende concretizar esse plano, uma das formas que a companhia estuda para aumentar os seus contratos com a Petrobras, seguindo o robusto plano de investimentos da estatal de US$ 224 bilhões até 2014.

(mais…)

Energia Solar sobre as Águas


Solar on the Water

The New York Times – 19/04/2011 – By TODD WOODY

PETALUMA, Calif. — Solar panels have sprouted on countless rooftops, carports and fields in Northern California. Now, several start-up companies see potential for solar panels that float on water.

Already, 144 solar panels sit atop pontoons moored on a three-acre irrigation pond surrounded by vineyards in Petaluma in Sonoma County. Some 35 miles to the north, in the heart of the Napa Valley, another array of 994 solar panels covers the surface of a pond at the Far Niente Winery.

“Vineyard land in this part of the Napa Valley runs somewhere between $200,000 and $300,000 an acre,” said Larry Maguire, Far Niente’s chief executive. “We wanted to go solar but we didn’t want to pull out vines.” (mais…)

Próximo ponto na agenda de Washington: briga pela dívida


Next on the Agenda for Washington: Fight Over Debt

April 9, 2011. The New York Times – By JACKIE CALMES

WASHINGTON — The down-to-the-wire partisan struggle over cuts to this year’s federal budget has intensified concern in Washington, on Wall Street and among economists about the more consequential clash coming over increasing the government’s borrowing limit.

Congressional Republicans are vowing that before they will agree to raise the current $14.25 trillion federal debt ceiling — a step that will become necessary in as little as five weeks — President Obama and Senate Democrats will have to agree to far deeper spending cuts for next year and beyond than those contained in the six-month budget deal agreed to late Friday night that cut $38 billion and averted a government shutdown.

Republicans have also signaled that they will again demand fundamental changes in policy on health care, the environment, abortion rights and more, as the price of their support for raising the debt ceiling. (mais…)

Hu pede aos EUA flexibilização das exportações de alta tecnologia


Hu pede aos EUA flexibilização das exportações de alta tecnologia

(AFP) – 21/01/2011

CHICAGO — O presidente da China, Hu Jintao, pediu aos Estados Unidos uma flexibilização das restrições para a exportação de alta tecnologia, depois que Pequim e Washington assinaram acordos comerciais de 45 bilhões de dólares durante a visita que fez ao país.

“A China quer trabalhar com os Estados Unidos para suprir nosso potencial de cooperação em infraestrutura fiscal, financeira, energética, ambiental e em outras áreas”, disse Hu a líderes políticos e econômicos em Chicago.

“Desejamos que os Estados Unidos trabalhem com o mesmo espírito e flexibilizem os controles para a exportação de alta tecnologia à China”, completou. (mais…)

Presidente da General Electric é o novo conselheiro econômico de Obama


Executivo da GE lidera comissão de emprego nos EUA

21 de janeiro de 2011 – Estadão

WASHINGTON – O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, anuncia hoje que Jeffrey Immelt, executivo-chefe da General Electric (GE), chefiará uma nova comissão da Casa Branca criada para promover a expansão do emprego no setor privado. A comissão substituirá um grupo de especialistas chamado “Equipe consultiva presidencial para recuperação econômica”, que era liderada por Paul Volcker, que ex-presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) nos governos de Jimmy Carter e Ronald Reagan.

O novo grupo será chamado de “Conselho Presidencial para o Emprego e a Competitividade”. Volcker disse que não se juntará à nova equipe. Colocar um importante executivo no topo desta comissão é o mais recente gesto feito pela Casa Branca na tentativa de fortalecer os negócios. Há poucas semanas, Obama conseguiu fechar um acordo comercial com a Coreia do Sul. Ele também nomeou um executivo do setor financeiro, William Daley, para ser o chefe de seu staff e prometeu rever as regras que têm impacto sobre os negócios – particularmente, sobre as pequenas empresas. (mais…)

General Electric assinará 5 contratos com a China


General Electric to sign 5 deals with China

Bloombereg – 19/01/2011

FAIRFIELD, Conn. (AP) — General Electric Co. has lined up five deals in China that will generate $2 billion in revenue, the company said Wednesday.

The agreements were part of a larger announcement in which the White House, seeking to build ties with an economic rival, said that China would purchase $45 billion in U.S. exports, including a highly sought-after $19 billion deal for 200 Boeing airplanes.

Chinese President Hu Jintao arrived at the White House on Wednesday for a state visit with President Barack Obama. (mais…)

Pentágono aposta no caça F-15 para conter a ameaça do modelo chinês J-20


Pentágono aposta no caça F-15 para conter a ameaça do modelo chinês J-20

Cavok – 16/01/2011

Fazem três semanas que foram reveladas as primeiras imagens do novo caça stealth chinês J-20, e a U.S. Air Force já colocou em prática planos para conter a ameaça do misterioso caça de Chengdu.

O Pentágono não deverá fabricar novos caças F-22 da Lockheed Martin. Ao invés disso, os militares norte-americanos tem direcionado seus esforços em antigos jatos que, com melhorias, podem demonstrar ser ainda melhores que os novos e mais caros F-22 para combater o novo caça chinês J-20. Esse caças antigos são os Boeing F-15 Eagles, uma das estrelas da Guerra do Golfo em 1991, que rapidamente estão se tornando o principal vetor norte americano para conter a ameaça do modelo chinês J-20 nos próximos 20 anos. (mais…)

Guerra cibernética na “Era digital”


NewsCientist

16 December 2010

Are states unleashing the dogs of cyber war?

by Jim Giles

NO NATION state has ever been definitively linked to an act of cyber warfare, but the internet is certainly being used as a battlefield. Even though governments are not owning up to it, two recent events make state involvement look more likely than ever.

Earlier this year, security firm VirusBlokAda discovered a highly sophisticated computer worm called Stuxnet. It was unusual in that it was designed to secretly infect and commandeer industrial computer systems. Most of the sites affected were in Iran, and the worm’s sophistication together with the choice of target suggest the involvement of a state, possibly Israel. It is likely that the worm was designed to disrupt the country’s uranium-enrichment centrifuges, a suspicion bolstered when the Iranian government recently confirmed that Stuxnet had “created problems” at its facility in Natanz.

Then came the WikiLeaks cables. The massive trove of documents revealed that US officials believe the Chinese government is in cahoots with hacking groups such as the Honker Union and XFocus. The latter is known in security circles for building the Blaster worm – software that in 2003 spread between Windows PCs and tried to attack a Microsoft website. In a world of computer crime, where attribution is often impossible to assign, that’s as close to a smoking gun as you get.

The cables also show that the hackers behind the Aurora and Byzantine Candor attacks may have had ties to Beijing.

What of America’s involvement in internet warfare? This May saw the launch of US Cyber Command, a military effort devoted to defending the country’s computer networks and, presumably, attacking those of its enemies. Hot young coders are being tempted away from Silicon Valley and into classified cyber projects. The military of course will not say what these new hacker-soldiers are up to, but no one expects them to stand by and watch should a conflict break out.

fonte:

http://www.newscientist.com/article/mg20827915.100-are-states-unleashing-the-dogs-of-cyber-war.html

Máquina quântica é escolhida a descoberta do ano pela Science


Máquina quântica é escolhida a descoberta do ano pela Science

Redação do Site Inovação Tecnológica – 17/12/2010

Até o ano de 2010, todos os objetos construídos pelo homem moviam-se seguindo as leis da mecânica clássica.

No início deste ano, porém, um grupo de cientistas criou a primeira máquina quântica, um dispositivo visível a olho nu que se move de uma forma que só pode ser descrita pela mecânica quântica, segundo as leis que regem o comportamento das coisas muito pequenas, como moléculas, átomos e partículas subatômicas. (mais…)

Entrada Chinesa no Mercado de Energia Eólica Americano Preocupa Indústria Estadunidense


China’s Push Into Wind Worries U.S. Industry

New York Times – December 15, 2010

PIPESTONE, Minn. — Finishing the 20-story climb up a ladder inside a wind-turbine tower, Scott Rowland opened the top hatch to reveal a panorama of flat farmland dotted with dozens of other turbines.

Two of the closest, like the tower he was standing on here, were built by Goldwind USA, where Mr. Rowland is vice president for engineering. “These are very sophisticated machines,” he said.

They are also the only three Chinese-made wind turbines operating in the United States.

That could soon change, though, as Goldwind and other Chinese-owned companies plan a big push into the American wind power market in coming months.

While proponents say the Chinese manufacturers should be welcomed as an engine for creating more green jobs and speeding the adoption of renewable energy in this country, others see a threat to workers and profits in the still-embryonic American wind industry. (mais…)

Foguete brasileiro leva experimentos científicos ao espaço


Foguete brasileiro leva experimentos científicos ao espaço

Redação do Site Inovação Tecnológica – 13/12/2010

O foguete de sondagem brasileiro VSB-30 foi lançado com sucesso neste domingo (12), do Centro de Lançamento de Alcântara (CLA).

Programa Microgravidade

O principal objetivo do lançamento foi levar experimentos científicos, tecnológicos e educacionais a um ambiente de microgravidade. A carga útil do foguete foi recuperada depois de sua reentrada.

O VSB-30 foi lançado às 12h35, atingiu um apogeu de 242 quilômetros e um alcance de 145 quilômetros. O tempo de voo foi de 16 minutos e o foguete permaneceu um pouco mais do que cinco minutos em ambiente de microgravidade. (mais…)

EUA testam com sucesso ‘canhão eletromagnético’


EUA testam com sucesso ‘canhão eletromagnético’

Terra – 10/12/2010

Um “canhão eletromagnético”, que atinge alvos a 200 km de distância e dispara projéteis a ‘Mach 5’, ou cinco vezes a velocidade do som, foi testado com sucesso nesta sexta-feira nos Estados Unidos, informou a Marinha.

“O teste do canhão eletromagnético” revela “que a Marinha pode disparar projéteis a uma distância de, ao menos, 110 milhas náuticas (200 km)”, disse o almirante Nevin Carr, chefe de pesquisa naval. Esta distância é quase 20 vezes maior que a capacidade dos canhões atualmente embarcados. (mais…)

Brasil tem de ajudar a desbloquear Kyoto, diz presidente da COP-16


Brasil tem de ajudar a desbloquear Kyoto, diz presidente da COP-16

Estadão – 05/12/2010

CANCÚN – A presidente da Conferência do Clima da ONU em Cancún (COP-16), Patricia Espinosa, que também é ministra de Relações Exteriores do México, solicitou a ajuda do Brasil para desbloquear o impasse entre os países em relação ao Protocolo de Kyoto. Além do Brasil, ela pediu apoio do Reino Unido nesse processo.

A tarefa é para os ministros dos dois países. Nesta semana, o encontro entra no segmento de alto nível – alguns ministros já chegaram a Cancún, e outros são esperados para esta segunda-feira, 6. O Brasil está representado pela ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira.

 A definição sobre o que ocorrerá ao Protocolo de Kyoto é a principal questão negociada na COP-16. O primeiro período de compromisso de tratado, que estabeleceu meta de cerca de 5% de corte de emissão dos gases-estufa, termina em 2012. (mais…)

EUA e UE esperam progressos limitados nas negociações climáticas


U.S., EU Expect Limited Progress at Climate Talks, No Treaty

Bloomberg – 29/11/2010

U.S. and European Union envoys said they expect progress on forming a $100 billion fund to fight global warming and on protecting forests at climate talks in Cancun, Mexico, though no treaty will be agreed.

“We come here with a sense of realism,” said Peter Wittoeck, climate negotiator for Belgium, which holds the rotating presidency of the 27-nation EU. “This will have to be an incremental step.”

The comments, at the start of two weeks of meetings involving more than 190 nations, suggest there’s not enough political backing for an accord to limit an increase in the temperature of the atmosphere to 2 degrees Celsius, said Christiana Figueres, the UN’s chief envoy leading the talks. (mais…)

China visa aplicação dual para seus supercomputadores


 

China Eyes “Dual Use” Applications for its Supercomputers

The Jamestown Foundation – November 19, 2010 12:33 PM
As of November 15, the world’s fastest supercomputer officially belongs to China, according to the most recent listing of the world’s Top 500 computers [1]. China has pushed the United States out of the top spot as well as putting a third machine into the top ten, providing another indicator of China’s rise as a world technological power. Yet this year’s results should come as a surprise to no one. China has been pouring investments into high performance computing for the last decade and gradually edging the United States out of the top ten. Increased funding and an official policy commitment have propelled China from a technological backwater that in 2001 did not have a single machine in the Top 500 into a supercomputing superpower [2]. (mais…)

Morales Diz que Irã Está Interessado em Processo de Industrialização do Lítio


Morales Diz que Irã Está Interessado em Processo de Industrialização do Lítio

ANSA Latina – 29/10/2010 18:12

LA PAZ, 29 OUT (ANSA) – O presidente boliviano, Evo Morales, esclareceu hoje que, no momento, o Irã está apenas “está interessado” em associar-se ao país andino para fabricar baterias de lítio e que há possibilidades de negociações com outras nações que queiram juntar-se a esse processo.
   
Em visita a Cochabamba, Morales negou ter firmado já “um contrato” com o governo iraniano para a industrialização do lítio, como foi informado na última quarta-feira, quando o boliviano concluiu uma visita oficial de três dias a Teerã. (mais…)