embargos militares

EUA encerram embargo de armamentos ao Vietnã depois de 50 anos


Nesta segunda-feira (23/05), os Estados Unidos suspenderam o embargo à venda de armas para o Vietnã. Anúncio se deu durante visita do presidente dos EUA, Barack Obama, ao país. A restrição de vendas de armas vigorou por cerca de 50 anos. A suspensão do embargo, segundo oficiais estadunidenses, faz parte do caminho da normalização das relações com o Vietnã. Obama também deve promover o Acordo de Parceria Transpacífico na região (TPP, em inglês).

Foto: C. Barria / Reuters

Anúncios

EUA deve remover embargo de armas para o Vietnã


Conforme matéria da revista Foreign Policy, os Estados Unidos devem remover o embargo de armas em voga contra o Vietnã desde a guerra entre os dois países, finda em 1975. Ainda que o embargo tenha se flexibilizado há dois anos para permitir a venda de armamentos relacionados à “segurança marítima”, o seu fim oficial permitiria que Hanói comprasse artigos estadunidenses de alta tecnologia tais como radares e aeronaves de monitoramento. Medida serviria para reaproximar ambos em um contexto de crescente disputa entre EUA e China no pacífico ocidental. Entretanto, ainda há forte oposição interna nos EUA, que reclamam da situação dos direitos humanos no Vietnã principalmente.

Foto: KHAM / AFP / Getty Images via Foreign Policy. 

EUA envia porta-aviões para o Golfo de Aden


Oficiais da Marinha dos Estados Unidos disseram que o porta-aviões USS Theodore Roosevelt foi enviado para o Golfo de Aden para interceptar eventuais carregamentos de armas do Irã para os rebeldes Houthis no Iêmen. Já há outras nove belonaves estadunidenses nos mares ao redor do país prontos para implementar o embargo de armas aprovado pelo Conselho de Segurança da ONU na semana passada. Contudo, a Marinha dos EUA não participa do bloqueio naval completo imposto pela Arábia Saudita e sua coalizão árabe.

Foto: Marine Corps.

Realinhamento estratégico na Ásia Meridional?


Conforme análise de M. K. Bhadrakumar, a Ásia Meridional está pronta para que haja um realinhamento estratégico. Fim do embargo russo à venda de armas para o Paquistão sinaliza uma mudança geopolítica na região, bem como a maior aproximação da Índia com os Estados Unidos.

Ásia Meridional. Mapa: n.i.

Ásia Meridional. Mapa: n.i.

(mais…)

Rússia põe fim a embargo ao comércio de armas com o Paquistão


A Rússia pôs fim ao embargo de venda de armas e sistemas bélicos ao Paquistão e anunciou que planeja vender helicópteros de ataque a Islamabade.

Helicópteros de ataque Mi-35. Foto: Alexander Vilf / RIA Novosti.

Helicópteros de ataque Mi-35. Foto: Alexander Vilf / RIA Novosti.

(mais…)

Russia adverte contra a aplicação de embargos de suprimentos militares para a oposição Síria


Russia

Russia adverte contra a aplicação de embargos de suprimentos militares para a oposição Síria

22 de abril de 2013

Rússia advertiu que a aplicação de embargos contra a Síria é uma afronta ao direito internacional e disse ter expectativa que alguns Estados europeus não tomem essa medida. Reino Unido e França manifestaram-se a favor dos embargos comerciais, mas John Kerry, Secretário do Estado americano, havia anunciado anteriormente que os EUA pretendem dobrar o apoio financeiro e suprimentos à oposição Síria.

Fonte:

RT (http://rt.com/politics/military-opposition-syrian-supplies-195/)