fronteiras marítimas

China e ASEAN comprometem-se com a paz no Mar do Sul da China


Diplomatas chineses e de países do sudeste da Ásia reuniram-se em Tianjin, na China, nesta quarta-feira (29/07), para discutir a formulação do Código de Conduta (COC, da sigla em inglês) para o Mar do Sul da China, na tentativa de assegurar a paz e a estabilidade da região. A reunião, denominada como a 9ª reunião China-ASEAN, implementou a Declaração de Conduta das Partes do Mar do Sul da China (DOC, da sigla em inglês), o primeiro documento político assinado pela China com a ASEAN envolvendo esta região, promovendo a cooperação marítima entre as partes na resolução dos conflitos sobre a exploração da região.

Mapa: AFP.

Mapa: AFP.

Anúncios

Maduro encontra-se com Ban Ki-moon para tratar de disputa territorial com a Guiana


O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, e o presidente venezuelano, Nicolás Maduro, reuniram-se na terça-feira (28/07) para tratar da disputa territorial marítima entre a Venezuela e a Guiana, referente à posse da região do Essequibo, onde recentemente a empresa Exxon Mobil descobriu petróleo. Diálogos entre as nações envolvidas na questão serão promovidos pela ONU em breve, de acordo com a nota divulgada pela organização.

Foto: Reuters, Miraflores Palace.

Foto: Reuters / Miraflores Palace.

Coreia do Sul desenvolve capacidades cibernéticas ofensivas


Com o aumento de ataques provenientes do Norte, a Coreia do Sul busca desenvolver capacidades cibernéticas de retaliação ao seu vizinho. Até agora, o país havia concentrado apenas em medidas de monitoramento e de prevenção.

Foto: US Navy

Foto: US Navy

(mais…)

Coreia do Norte dobra sua força de guerra cibernética


Nos últimos dois anos, a Coreia do Norte dobrou o número de agentes trabalhando na sua força de guerra cibernética, o que tem contribuído para o aumento de ataques sofridos pela Coreia do Sul. A ação da Coreia do Norte é beneficiada por inúmeras falhas na segurança cibernética sul-coreana.

Foto: Wikimedia Commons

Foto: Wikimedia Commons

(mais…)

Coreias trocam tiros em fronteira terrestre


Oficiais sul-coreanos afirmam que Coreias trocaram tiros na sua fronteira terrestre. Incidente ocorreu após ativistas sul-coreanos lançarem panfletos contra o governo de Pyongyang com balões através da fronteira. Trocas de tiros no mar são comuns, mas em terra são bastante raras.

Fonte: Stratfor Mapa: BBC News

Fonte: Stratfor
Mapa: BBC News

(mais…)

Tensões marítimas entre as Coreias


A tensão subiu novamente essa semana entre a Coreia do Sul e a Coreia do Norte após troca de tiros de artilharia próximos à fronteira marítima entre os dois países.

Imagem: Shuttershock.com.

Imagem: Shuttershock.com.

(mais…)

Coreias trocam tiros em fronteira marítima


Coreia do Norte e Coreia do Sul trocaram tiros de artilharia, alvejando as águas territoriais umas das outras, nesta segunda-feira (31/03). Escalada na tensão fez com que residentes de ilhas em zonas fronteiriças fossem evacuados de suas casas e alocados em abrigos.

Foto: Ahn Young-joon / AP.

Foto: Ahn Young-joon / AP.

(mais…)

Barco de patrulha norte-coreano entra em águas da Coreia do Sul


Tensões sobem na península coreana após um barco de patrulha costeira da Coreia do Norte ter violado diversas vezes a fronteira marítima com a Coreia do Sul. O barco recuou após avisos das Forças Armadas do Sul.

Fronteira marítima entre as Coreias. Mapa: Wikimedia Commons.

Fronteira marítima entre as Coreias. Mapa: Wikimedia Commons.

(mais…)

As crescentes disputas marítimas da Indonésia


Nas últimas semanas, a Indonésia se envolveu em diversos incidentes navais que evidenciam uma maior participação do país em disputas marítimas com seus vizinhos, tais como Austrália, Cingapura e Papua Nova Guiné.

Mapa: UNDP.

Mapa: UNDP.

(mais…)

Chile e Peru estudam execução da sentença da CIJ


Os ministros de defesa e de relações exteriores de Chile e Peru se reuniram em Santiago, capital do Chile, para chegar a um acordo quanto à execução da sentença da Corte Internacional de Justiça (CIJ) sobre a fronteira marítima entre os dois países.

Foto: Efe.

Foto: Efe.

(mais…)

Corte Internacional de Justiça muda fronteira marítima entre Chile e Peru


Em decisão que deve encerrar conflito territorial originado no século 19, a Corte Internacional de Justiça (CIJ) concedeu aos peruanos parte do Pacífico que estava sob controle chileno. Piñera minimizou perda, e Humala fala em dia histórico.

Peruanos assistem transmissão de sentença da CIJ. Fonte: Reuters.

Peruanos assistem transmissão de sentença da CIJ. Fonte: Reuters.

(mais…)

Chile convoca seu Conselho de Segurança pela sentença de Haia


Duas semanas antes de se conhecer a sentença da Corte Internacional de Justiça sobre a controvérsia marítima entre Peru e Chile, presidente chileno Sebastián Piñera anunciou a convocação do Conselho de Segurança do país. Este orgão assessora o presidente em assuntos de segurança nacional e não se reunia desde 2005.

Fonte: AFP.

Fonte: AFP.

(mais…)

Seul e sua preocupação para tornar-se um jogador mais importante nos assuntos regionais e internacionais


Seoul’s new strength tests economic ties

Ásia times / By Yong Kwon – 22/08/2012

Korean historians often use the idiom “shrimp among whales” to describe the tumultuous history of the Korean Peninsula – an appropriate description for a place long targeted by more powerful foreign forces attempting to assert control over strategic territories or resources.

In particular, the two modern Korean states are defined by the loss of sovereignty to Japan in 1910 and the narrative of world powers violently converging on their land during the first half of the 20th century. It is certainly fair to say that the desire to avoid replicating these traumatic experiences constitutes the key driving force of both Korean states. (mais…)

Marinha começa a adquirir sistema para monitorar o pré-sal e as águas jurisdicionais do Brasil no Atlântico Sul


Marinha começa a comprar sistema que irá monitorar pré-sal

Folha On-Line – 30/09/2011

A Marinha assinou contrato de R$ 31 milhões para definir a arquitetura técnica, operacional e financeira de um sistema de satélite, radares e equipamentos de sensoriamento submarino para monitorar o mar territorial brasileiro, especialmente a área do pré-sal, informa reportagem de Eliane Cantanhêde, publicada na Folha desta sexta-feira (a íntegra está disponível para assinantes do jornal e do UOL, empresa controlada pelo Grupo Folha, que edita a Folha).

O sistema vai se chamar Sisgaaz (Sistema de Gerenciamento da Amazônia Azul) e, segundo o comandante da Marinha, almirante Júlio Soares de Moura Neto, a presidente Dilma e o ministro da Defesa, Celso Amorim, garantiram recursos para deflagrar e posteriormente implantar o projeto.

O contrato foi assinado com a Fundação Aplicações de Tecnologias Críticas (Atech), entidade de direito privado sem fins lucrativos. (mais…)