Geopolítica da Ásia Central

China e Uzbequistão inauguram túnel ferroviário de 19,2 km


Em visita no Uzbequistão, o presidente da China, Xi Jinping, e o presidente uzbeque, Islam Karimov, inauguraram o túnel ferroviário Qamchiq nesta quarta-feira (22/06). O túnel, que atravessa as montanhas Qurama e foi construído e financiado por Pequim, tem 19,2 km de extensão e vai da capital Tashkent a Namangan. A obra é considerada um marco da iniciativa chinesa “One Belt, One Road” de uma nova rota da seda na Ásia Central.

Xi Jinping e Islam Karimov. Foto: Xinhua / Li Tao.

Anúncios

Rússia e seu plano para combater o terrorismo na Ásia Central


A Rússia propôs durante encontro da Comunidade dos Estados Independentes (CEI) em outubro uma força tarefa conjunta para proteger a fronteira dos países membros, a maioria sendo parte da Ásia Central. O presidente russo, Vladimir Putin, alertou sobre os perigos representados pela crise no Afeganistão e pelo retorno dos jihadistas que lutam pelo “Estado Islâmico” para a região.

Foto: Presidential Press and Information Office.

Rússia decreta o fechamento de rota da OTAN


Em declaração feita no dia 15/05, o primeiro-ministro russo Dmitri Medvedev assinou um decreto que determina o fechamento da Rede de Distribuição do Norte (NDN, da sigla em inglês). A Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) utilizou a NDN para fornecer suporte à guerra no Afeganistão desde 2008. Embora a resolução do Conselho de Segurana das Nações Unidas que permitia a passagem pela região tenha expirado no final do ano passado, o fechamento oficial da rota ainda tem peso geopolítico significativo nas relações entre a Rússia e a OTAN, especialmente no contexto de tensão acerca da situação na Ucrânia.

Mapa: BBC

Mapa: BBC.

Rússia intensifica presença na Ásia Central


Com a retirada total de tropas da OTAN do Afeganistão até o fim desse ano, a Rússia passou a intesificar sua presença na região. Temendo aumento do narcotráfico e de ações terroristas, Moscou vem reforçando laços econômicos e securitários não apenas com Cabul, mas também com Quirguistão, Tadjiquistão e Cazaquistão.

Reunião OTCS. Foto: Kremlin.

Reunião OTCS. Foto: Kremlin.

(mais…)