governo de transição

Sudão do Sul perde prazo para formar governo de unidade nacional


O Sudão do Sul perdeu, no último sábado (23/01), o prazo para o estabelecimento de um governo de união nacional, estipulado no acordo que terminou a guerra civil no país em agosto de 2015. O presidente Salva Kiir ainda aumentou de 10 para 28 o número de províncias do país, prejudicando ainda mais a transição de poder.

Riek Machar e Salva Kiir (D). Foto: Reuters.

Anúncios

Líbia anuncia novo governo de unidade


Nesta terça-feira (19/01), representantes de diferentes grupos da Líbia anunciaram, após negociações mediadas pela ONU, a formação de um governo de unidade. Desde a intervenção militar de 2011, o país vive em crise, contando com diversas milícias internas e até mesmo mais de um governo. Novo gabinete deve contar com 32 membros dos diferentes grupos.

5a40aa3a4f684dad8fefd4d3f08f3215_18

Foto: AP.

Turquia aceita plano de transição com Assad no poder


Oficiais turcos afirmaram nesta terça-feira (20/10) que a Turquia está disposta a aceitar um plano de transição para a Síria em que o Presidente da Síria, Bashar al-Assad, se mantenha no poder, desde que com garantias e apenas por seis meses após um prazo a ser delimitado. Plano ainda é discutido com aliados do país.

Foto: Reuters / SANA / Handout via Reuters.

Foto: Reuters / SANA / Handout via Reuters.

Parlamento iraquiano aprova novo governo


Em meio à luta contra a milícia do “Estado Islâmico” (EI), o Parlamento do Iraque aprovou o gabinete do novo primeiro-ministro Haider al-Abadi, que fez o juramento de posse na segunda-feira (08/09). Ex-primeiro-ministro, Nuri al-Maliki, ficou com um dos três cargos cerimoniais de vice-presidente. Os EUA saudaram o novo Executivo do Iraque.

Parlamento iraquiano. Foto: Ahmad Al-Rubaye / AFP / Getty Images.

Parlamento iraquiano. Foto: Ahmad Al-Rubaye / AFP / Getty Images.

(mais…)

No Iraque, curdos e sunitas deixam parlamento após divergência com xiitas


Parlamentares iraquianos recém-eleitos iniciaram os trabalhos nesta terça-feira (01/07) sob pressão para nomear um governo de unidade nacional e evitar divisões no país após ofensiva do EIIL, que declararou um “califado” para governar todos os muçulmanos do mundo. No entanto, sunitas e curdos abandonaram a primeira sessão depois que os xiitas não apontaram um nome para substituir o primeiro-ministro Nuri al-Maliki, eliminando as esperanças de que um governo de unidade seria formado rapidamente para evitar a fragmentação do Iraque.

Foto: Efe.

Foto: Efe.

(mais…)

Maliki recusa formar governo de emergência no Iraque


O primeiro-ministro do Iraque, Nuri Al Maliki, recusou-se hoje (25/06) a formar um governo de emergência nacional para enfrentar a ofensiva jihadista sunita do EIIL em cinco províncias do país. “O apelo para a formação de um governo de emergência nacional é um golpe contra a Constituição e contra o processo político”, disse Maliki em discurso transmitido pela televisão.

Maliki. Foto: AFP / Getty Images.

Maliki. Foto: AFP / Getty Images.

(mais…)

Tropas de Kiev sofrem maior revés desde início do combate a separatistas


O Exército da Ucrânia sofreu nesta quinta-feira (22/05) as mais sérias perdas desde o início de sua operação militar contra os separatistas pró-Rússia, há cerca de cinco semanas. Ao menos 14 soldados são mortos por forças pró-Rússia no leste da Ucrânia, que pede à ONU que ajude a garantir eleição de domingo contra “sabotagem” de Moscou. OTAN vê com cautela saída de militares russos da fronteira.

Foto: Reuters.

Foto: Reuters.

(mais…)

Situação na Ucrânia é tensa a uma semana das eleições presidenciais


Enquanto crescem as dúvidas sobre a realização das eleições presidenciais ucranianas em regiões dominadas por rebeldes pró-Rússia, segunda mesa-redonda para resolução da crise no país termina sem resultados concretos.

Foto: picture-alliance / dpa.

Foto: picture-alliance / dpa.

(mais…)

A ascensão dos ultranacionalistas ucranianos


A deposição do presidente Viktor Yanukovitch na Ucrânia contou com a ajuda nada insignificante de forças de extrema direita ultranacionalistas. No entanto, apesar de terem sido fundamentais e estarem presentes no governo interino em Kiev, apoio popular a grupos como o Right Sector e o partido Svoboda ainda é baixo, menor do que as acusações russas dão a entender. Contudo, recrudescimento da crise no país pode fazer com que esses grupos fascistas ganhem força e mesmo maior apoio popular, especialmente no caso de invasão russa.

Membro do Right Sector. Foto: Valentyn Ogirenko / Courtesy Reuters.

Membro do Right Sector. Foto: Valentyn Ogirenko / Courtesy Reuters.

(mais…)

Aumentam temores de guerra civil na Ucrânia com voluntários pegando em armas


Crescem os temores de eclosão de uma guerra civil na Ucrânia com voluntários civis pegando em armas e formando batalhões de combate. Esses combatentes voluntários compartilham a visão de que o Estado ucraniano é incapaz de garantir a segurança deles com relação à Rússia.

Foto: Anatolii Stepanov / AFP / Getty Images.

Foto: Anatolii Stepanov / AFP / Getty Images.

(mais…)

Magnata ucraniano deve vencer eleição presidencial


O “magnata do chocolate” Petro Poroshenko deverá ser o vencedor no primeiro turno da eleição presidencial da Ucrânia marcada para 25 de maio, mostrou pesquisa divulgada nesta quinta-feira (15/05). Poroshenko, que apoiou a onde de protestos que derrubou o presidente Viktor Yanukovich, tem o apoio de 54,7% dos eleitores, segundo a pesquisa.

Petro Poroshenko (D). Foto: Getty Images.

Petro Poroshenko (D). Foto: Getty Images.

(mais…)

Reunião para diminuir tensão na Ucrânia termina sem resultados


Autoridades ucranianas participaram nesta quarta-feira (14/05) de uma mesa de negociações organizada por países ocidentais para tentar diminuir a tensão no país, mas a iniciativa fracassou e nenhum resultado foi obtido. Em vez disso, o governo interino afirmou que não vai ceder à “chantagem” dos separatistas pró-Rússia, que controlam a região leste.

Foto: Efe.

Foto: Efe.

(mais…)

Ucrânia diz que irá processar Rússia por aumento do preço do gás


Um dia após a Rússia advertir que iria cortar o fornecimento de gás caso Kiev não pagasse com antecedência, o primeiro-ministro ucraniano, Arseni Yatseniuk, disse nesta terça-feira (13/05) que irá processar Moscou caso a Gazprom não baixe o preço. Além disso, ele acusou o país de ter “roubado” esse recurso energético da Ucrânia ao anexar a Crimeia.

Yatsenyuk. Foto: Efrem Lukatsky / AP.

Yatsenyuk. Foto: Efrem Lukatsky / AP.

(mais…)

Odessa ameaça se tornar novo foco de crise na Ucrânia


Combates violentos em Odessa, a terceira maior cidade ucraniana e de importância estratégica para Kiev, surpreenderam muitos observadores e fizeram aumentar os temores de uma investida russa no país.

Confronto em Odessa. Foto: Reuters.

Confronto em Odessa. Foto: Reuters.

(mais…)

Parlamento da Ucrânia rejeita referendo nacional por mais autonomia


O Parlamento ucraniano rejeitou nesta terça-feira (06/05) a proposta de realizar um referendo nacional que daria mais autonomia às regiões do país. A consulta seria realizada em conjunto com as eleições presidenciais, no dia 25 de maio, e atenderia a uma das principais demandas dos manifestantes anti-Kiev que protestam no sudeste do país desde a deposição do presidente Viktor Yanukovich, em fevereiro.

Parlamento ucraniano. Foto: Efe.

Parlamento ucraniano. Foto: Efe.

(mais…)

Combates na Ucrânia se intensificam e países alertam para guerra civil


Após um dia de intensos combates no leste da Ucrânia com baixas em ambos os lados, a região permanece à beira de uma guerra civil. Tentativas diplomáticas de resolução do conflito fracassam com os países ocidentais não concordando em incluir rebeldes do leste e do sul nas negociações de paz, o que é uma condição russa.

Foto: Genya Savilov / AFP / Getty Images.

Foto: Genya Savilov / AFP / Getty Images.

(mais…)

Governo interino diz ter matado mais de 30 separatistas no leste da Ucrânia


Ministro do Interior ucraniano divulgou que quatro soldados morreram e dezenas de insurgentes e militares foram feridos em ofensiva do Exército em Slaviansk. França e Alemanha alertam para risco de conflito generalizado.

Foto: Reuters.

Foto: Reuters.

(mais…)

Data de eleição na Ucrânia permanece inalterada apesar da violência


Governo interino ucraniano não considera adiar a eleição presidencial marcada para o dia 25 de maio mesmo com os confrontos violentos com baixas no leste e sul do país.

Foto: Vitor Sion / Opera Mundi.

Praça Maidan em Kiev. Foto: Vitor Sion / Opera Mundi.

(mais…)

Polícia foi responsável por mortes em Odessa, diz governo da Ucrânia


A polícia foi a responsável pela morte de 46 pessoas na sexta-feira (02/05) na cidade de Odessa, segundo declarou o primeiro-ministro interino da Ucrânia, Arseni Yatseniuk. Autoridades em Kiev afirmam que ofensiva no leste do país deve continuar, mesmo após mortes.

Confronto em Odessa. Foto: Reuters.

Confronto em Odessa. Foto: Reuters.

(mais…)

Ucrânia expande “operação antiterrorista” no leste do país


“Operação antiterror” conduzida pelo governo interino da Ucrânia que se limitava à Slaviansk agora inclui outras cidades tomadas por pró-russos. Confrontos deixam muitos mortos. Primeiro-ministro interino, Yatsenyuk, diz que conflito violento em Odessa faz parte de plano da Rússia para “destruir a Ucrânia”.

Foto: Reuters.

Foto: Reuters.

(mais…)

Governo interino enfrenta guerra contra rebeldes no leste da Ucrânia


Serviços de segurança da Ucrânia afirmaram que estão lutando uma guerra contra rebeldes separatistas no leste do país e que a rebelião não é de curto prazo. Ademais, também culparam agentes russos enviados da Transnístria de provocar os eventos recentes em Odessa.

Foto: Reuters.

Foto: Reuters.

(mais…)

Rússia e EUA trocam acusações na ONU pela violência na Ucrânia


Os últimos eventos na Ucrânia levaram Rússia e Estados Unidos a trocar duras acusações nesta sexta-feira (02/05) no Conselho de Segurança da ONU, onde Moscou assegurou que os norte-americanos e a União Europeia estão impedindo qualquer solução pacífica ao apoiar as operações militares de Kiev. A Rússia, que solicitou a reunião de urgência do Conselho, acusou as autoridades ucranianas de “violarem” os acordos de Genebra e de utilizarem tanques e helicópteros “contra manifestantes”, enquanto Washington respondeu que o discurso de paz russo não é coerente com suas ações.

Vitaly Churkin e Samantha Power, representantes de Rússia e EUA, respectivamente. Foto: Emmanuel Dunand / AFP / Getty Images.

Vitaly Churkin e Samantha Power, representantes de Rússia e EUA, respectivamente. Foto: Emmanuel Dunand / AFP / Getty Images.

(mais…)

Violência chega a Odessa e eleva tensão na Ucrânia


Manifestantes pró-Kiev e pró-Moscou entram em confronto em Odessa, e a cidade no mar Negro, que até então vivia relativa calma, vira praça de guerra. Presidente ucraniano promete manter ofensiva no leste, apesar das baixas.

Confronto em Odessa. Foto: Reuters.

Confronto em Odessa. Foto: Reuters.

(mais…)

Ofensiva de Kiev no leste ucraniano causa “muitas baixas”


Presidente interino da Ucrânia, Aleksandr Turchinov, informou que houve muitas baixas e feridos na ofensiva “antiterror” na cidade de Slaviansk no leste do país e que as operações estão demorando mais do que o esperado. Rússia convocou reunião de emergência do Conselho de Segurança das Nações Unidas.

Foto: AP.

Foto: AP.

(mais…)

Rússia protesta contra ofensiva de Kiev no leste ucraniano


Moscou acusa governo da Ucrânia de destruir “última esperança” de solução diplomática para a crise ao atacar separatistas. Kiev confirma derrubada de dois helicópteros e afirma que milicianos têm apoio profissional.

Foto: Reuters.

Foto: Reuters.

(mais…)

Candidato de partido de Yanukovitch desiste de eleições presidenciais na Ucrânia


O candidato Oleg Tsariov, membro do Partido das Regiões — o mesmo do presidente deposto Viktor Yanukovich — , anunciou nesta terça-feira (29/04) que vai desistir de concorrer às eleições presidenciais na Ucrânia, previstas para 25 de maio. O político foi agredido diversas vezes por simpatizantes da coalizão que governa interinamente a Ucrânia desde fevereiro. Tsariov diz que as autoridades do governo provisório o impedem de participar da corrida eleitoral.

Foto: reprodução.

Oleg Tsariov. Foto: reprodução.

(mais…)

Exército da Ucrânia está em “alerta total” para possível invasão russa


As Forças Armadas da Ucrânia estão em “alerta total” para uma possível invasão das tropas da Rússia que estão na fronteira, disse nesta quarta-feira (30/04) o presidente interino, Oleksandr Turchinov, durante reunião ministerial em Kiev. “As nossas Forças Armadas estão em alerta de combate total”, acrescentou. “A ameaça de a Rússia iniciar uma guerra contra a Ucrânia continental é real”.

Turchinov. Foto: Reuters.

Turchinov. Foto: Reuters.

(mais…)

Governo interino ucraniano quer nova constituição antes de eleição presidencial


No dia em que o edifício da administração regional de Lugansk, no sudeste da Ucrânia, foi ocupado por manifestantes pró-Rússia, o governo interino de Kiev propôs nesta terça-feira (29/04) ao parlamento a aprovação de uma nova Constituição antes das eleições presidenciais convocadas para 25 de maio. A proposta inclui medidas de concessão de maior autonomia para as regiões do leste e sul do país.

Yatsenyuk. Foto: Efrem Lukatsky / AP.

Yatsenyuk. Foto: Efrem Lukatsky / AP.

(mais…)

Ucrânia acusa Rússia de buscar Terceira Guerra Mundial


O primeiro-ministro interino da Ucrânia, Arseniy Yatsenyuk, acusou nesta sexta-feira (25/04) a Rússia, que realiza exercícios militares a apenas um quilômetro da fronteira entre os dois países, de querer iniciar uma Terceira Guerra Mundial ao tentar “ocupar política e militarmente” a Ucrânia. Contudo, apesar dos alertas russos, Kiev mantém combate contra milícias pró-Moscou no leste do país e monta cerco a cidade controlada pelos rebeldes. Obama se diz pronto para aplicar mais sanções ao Kremlin.

Foto: Getty Images.

Foto: Getty Images.

(mais…)

Moscou faz manobra militar na fronteira em resposta à Ucrânia


Operação militar realizada pela Rússia perto da fronteira com a Ucrânia é reação à ofensiva de Kiev contra separatistas em Slaviansk, que teria deixado mortos. Putin alerta para “consequências”, e presidente ucraniano exige que Kremlin retire tropas da região.

Foto: Reuters.

Foto: Reuters.

(mais…)