hospitais

EUA e Rússia monitorarão juntos o cessar-fogo na Síria


Nesta semana, o secretário de Estado dos Estados Unidos, John Kerry, anunciou que EUA e Rússia monitorarão conjuntamente o acordo de cessar-fogo na Síria, ainda que à distância. Segundo Kerry, oficiais russos e estadunidenses, os quais estarão baseados em Genebra, utilizarão os mesmos recursos e infraestrutura para assegurar uma implementação clara da trégua no conflito sírio, incluindo a cidade de Aleppo, onde recentemente houve ataques de rebeldes a civis.

Hospital em Aleppo após bombardeio de rebeldes. Foto: SANA via AP.

Anúncios

Na Síria, rebeldes atacam Aleppo e atingem hospital


Esta semana rebeldes sírios realizaram um ataque a porções da cidade de Aleppo que estão sob controle de forças governamentais e atingiram um hospital, causando pelo menos 19 mortes. Os ataques de artilharia por parte dos rebeldes ocorrem durante tentativas internacionais de se chegar a um acordo de cessar-fogo na Síria. A ofensiva foi feita horas depois de o Conselho de Segurança da ONU passar unanimemente uma resolução pedindo proteção a funcionários da saúde e instalações hospitalares em todas as zonas de conflito ao redor do mundo.

Localização dos ataques rebeldes em Aleppo. Mapa: The Washington Post / Tim Meko / maps4news.com / (c)Here.

ONG Médicos Sem Fronteiras pede investigação sem precedentes contra os EUA


A organização não governamental Médicos Sem Fronteiras, que teve um de seus hospitais no Afeganistão atingidos por um bombardeio estadunidense, pediu uma investigação sem precedentes para o que chamou de “crime de guerra”. A ONG já enviou cartas para diversos países pedindo o apoio para responsabilizar os Estados Unidos sob a Convenção de Genebra.

Foto: Ton Koene / MSF.

Estados Unidos estariam construindo hospitais militares na Geórgia, se preparando para guerra com o Irã, afirma grupo de oposição


Foto por: RIA Novosti

 ‘US builds hospitals in Georgia, readies for war with Iran’

Russia Today – 10/01/2012

The United States is sponsoring the construction of facilities in Georgia on the threshold of a military conflict in Iran, a member of Georgian opposition movement Public Assembly, Elizbar Javelidze has stated.

According to the academician, that explains why President Mikhail Saakashvili is roaming the republic opening new hospitals in its regions.

“These are 20-bed hospitals…It’s an American project. A big war between the US and Iran is beginning in the Persian Gulf. $5 billion was allocated for the construction of these 20-bed military hospitals,” Javelidze said in an interview with Georgian paper Kviris Kronika (News of the Week), as cited by Newsgeorgia website.

The opposition member stated that the construction is mainly paid from the American pocket.

In addition, airports are being briskly built in Georgia and there are talks of constructing a port for underwater vessels in Kulevi on the eastern Black Sea coast in Georgia. (mais…)