malha ferroviária

China atualiza planos de ampliação da malha ferroviária


Nesta quarta-feira (29/06), a China atualizou seus planos de ampliação da malha ferroviária em uma reunião do Conselho de Estado presidida pelo premiê Li Keqiang. O novo plano prevê que o país possua 150 mil km de ferrovias até 2020, incluindo 30 mil km de trens de alta velocidade. O plano anterior previa apenas 120 mil km. A expansão dos planos prevê mais construção de ferrovias nas regiões centrais e do oeste chinês.

Mapa: Wikimedia Commons.

Por que terroristas chineses estão atacando estações de trem?


Na China, a decisão de separatistas uigures atacarem estações de trem tem grande valor simbólico e estratégico. Mudança de tática – que agora inclui alvos civis – objetiva investir contra o projeto chinês da Nova Rota da Seda bem como de maior integração de Xinjiang ao resto da China.

Foto: Wikimedia Commons.

Foto: Wikimedia Commons.

(mais…)

China revela planos para Nova Rota da Seda


A agência de notícias estatal chinesa revelou recentemente os planos chineses para a construção de uma Nova Rota da Seda, terrestre e marítima, interligando a Eurásia e mesmo a África (esta, maritimamente).

Mapa: Xinhua.

Mapa: Xinhua.

(mais…)

Problemas na Nova Rota da Seda


O pivô chinês para o ocidente (Ásia Central e Meridional), cuja personificação é a Nova Rota da Seda, vem encontrando diversos obstáculos no caminho. Recentes atos terroristas na província Xinjiang demonstram a dificuldade de lidar com o terrorismo em solo chinês. Além disso, na rota China-Paquistão, terrorismo também é um problema no lado paquistanês.

Mapa: Indian Strategic Studies.

Mapa: Indian Strategic Studies.

(mais…)

Duisburg, parada final da Nova Rota da Seda


Linha de trem que liga a China à Alemanha foi inaugurada no final de março deste ano. O trem de 650 metros parte três vezes por semana e liga a cidade chinesa de Chongqing com o coração industrial alemão na cidade de Duisburg no vale do Ruhr – o maior porto fluvial do mundo e importante hub logístico da União Europeia. A conexão ferroviária se tornou em uma das maiores do mundo, atravessando seis países da Eurásia para transportar bens de consumo de alta tecnologia.

Primeira chegada do trem chinês a Duisburg no dia 29/03/2014. Foto: Bernd Thissen / AFP.

Primeira chegada do trem chinês a Duisburg no dia 29/03/2014. Foto: Bernd Thissen / AFP.

(mais…)

Nova ferrovia em construção em Xinjiang


Na última sexta-feira (11/04), deu-se início à construção de uma nova ferrovia na região autônoma de Xinjiang, na China, que deve conectar o país ao Cazaquistão. Xinjiang deve se tornar um hub de transportes chinês até o fim de 2015.

Foto: Rooney Chen / Reuters.

Foto: Rooney Chen / Reuters.

(mais…)

Novas conexões ferroviárias ampliam acesso da China ao ocidente eurasiano


Projetos ferroviários recentes permitirão que a China exporte por terra até Londres, especialmente a conexão entre a Turquia e o Azerbaijão passando pela Geórgia. Ferrovias são peças-chave para a Nova Rota da Seda, ligando a Europa Ocidental ao Extremo Oriente.

Fonte: Tian Shan via Shutterstock.

Fonte: Tian Shan via Shutterstock.

(mais…)

Mais de cem mil saem às ruas na Coreia do Sul contra privatização da malha ferroviária


Cerca de cem mil pessoas participaram neste sábado (28/12) em Seul, capital da Coreia do Sul, de uma manifestação contra a privatização da rede ferroviária e a repressão do governo contra os sindicalistas. Governo promove prisões de sindicalistas e ameaça multar trabalhadores que participem de paralisações.

Fonte: EFE.

Fonte: EFE.

(mais…)