marrocos

China e Marrocos estabelecem parceria estratégica


Nesta quarta-feira (11/05), a China e o Marrocos estabeleceram uma parceria estratégica. A medida se deu após a assinatura de uma declaração conjunta pelo presidente chinês Xi Jinping e o rei marroquino Mohammed VI. Este último se encontra em Pequim em visita oficial.

135351308_14629723781661n

Foto: Xinhua / Rao Aimin

Anúncios

O debate sobre o Saara Ocidental é retomado


Em artigo publicado no Mail & Guardian (29/04), Hallelujah Lulie discute a situação da ocupação do Saara Ocidental pelo Marrocos. A situação, que se mantém por décadas, ganhou novo folêgo no debate após declarações da União Europeia e do secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon. A ocupação é responsável por uma crise de refugiados que afeta dezenas de milhares de pessoas. Além disso, o autor discorre sobre a divisão interna que a União Africana (UA) passa lidando com a questão. Enquanto o governo, no exílio, da República Árabe Saaráui Democrática é reconhecido como membro da UA, diversos países-membros, especialmente os francófonos, fazem pressão em apoio à política marroquina.

Foto: Reuters

A questionável política de refúgio da Alemanha


Em comentário no jornal junge Welt, Jörg Tiedjen critica a atual política de concessão de refúgio da Alemanha, que considera que Marrocos, Tunísia e Argélia, entre outros, são Estados seguros e, portanto, não se concede o status de refugiado a cidadãos oriundos destes. O autor nota que a Alemanha e demais países da União Europeia fazem vista grossa para as graves violações de direitos humanos e perseguições que ocorrem especialmente no Marrocos.

Foto: Reuters / Stringer.

Morte de imigrantes evidencia falta de estrutura e fracasso da política migratória espanhola


Um grupo de 300 pessoas, em sua maioria africanos subsaarianos, tentou, no dia 6 de fevereiro, passar pela fronteira que separa o Marrocos da Espanha. Impossibilitados de entrar pela via terrestre, uma parte do grupo decidiu tentar a sorte a nado, quando agentes responsáveis pelo controle da fronteira dispararam balas de borracha contra eles. Devido à ação policial, 15 pessoas morreram nas águas do Mediterrâneo, e as que conseguiram chegar à praia foram encaminhadas novamente ao lado marroquino da fronteira. Desde 1988, 19.507 pessoas morreram tentando entrar na Europa pela região do Mediterrâneo.

Mapa: Reprodução.

Mapa: Reprodução.

(mais…)

Rússia rejeita nova resolução no Conselho de Segurança para o caso da Síria


Russia rejects new draft resolution on Syria

Russia Today – 27/01/2012

Russia has opposed a new Arab-European draft resolution on Syria presented by Morocco in the UN Security Council on Friday. Russia’s ambassador to the UN says it will continue to search for ways to end the ongoing bloodshed there.

“The proposed draft resolution cannot be used as the basis of solving the situation, but we are ready to continue working,” Vitaly Churkin said. He added that not only does the draft ignore the line Russia cannot cross, but also “adds new elements” to which Moscow will not agree as a matter of principle.

The draft resolution expresses “grave concern” over the deteriorating situation in Syria, condemns the Syrian authorities for “widespread and gross violations of human rights and fundamental freedoms” and demands that all parties end violence. Most importantly it calls on President Bashar Assad to transfer full power to his deputy and to fully cooperate with the national unity government.

Earlier, Russia vowed to block any resolution that calls for President Assad to step down and proposed its own draft resolution, which was considered too soft by the West. According to the ambassador, Russia’s stance on the Syrian crisis is based on the idea that the Syrian people should find a political settlement without outside interference.

In October, Russia and China, both permanent members of the Security Council, vetoed an earlier Western draft resolution on Syria, warning against a repeat of the Libya scenario. (mais…)