movimento jihadista

Exército nigeriano liberta 178 reféns do Boko Haram


O exército nigeriano confirmou no domingo (02/08) a libertação de 178 reféns do Boko Haram, entre eles 100 crianças. As negociações entre o exército do país e um comandante do grupo terrorista aconteceram próximo a Aulari, a 70 km de Maiduguri, a maior cidade do nordeste da Nigéria. Nos últimos meses, centenas de pessoas mantidas reféns grande parte na região florestal de Sambisa, foram resgatadas pelas forças armadas nigerianas. A conquista foi seguida de uma série de ataques do Boko Haram na vila de Malari, causando a morte de 13 pessoas.

Foto: Reuters.

Foto: Reuters.

Anúncios

Turquia ataca curdos e convoca reunião da OTAN


Turquia realizou neste domingo (26/07) novos ataques aéreos às áreas de militantes curdos no norte do Iraque, ao mesmo tempo em que houve uma convocação por parte de Ancara de uma reunião extraordinária dos aliados da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN). As forças militares turcas se organizam em campanha contra os separatistas do Partido Trabalhista curdo (PKK) e contra os jihadistas do “Estado Islâmico”. O país organizou uma estratégia “antiterrorista” em suas regiões de fronteira contra ambos os grupos depois de uma onda de violência no país, reafirmando sua presença na área com ataques aéreos e de artilharia.

Foto: OTAN.

Foto: OTAN.

“Estado Islâmico” teria realizado atentado contra Hamas e Jihad Islâmica na Faixa de Gaza


Explosões atribuídas a militantes do “Estado Islâmico” na Faixa de Gaza destruíram vários veículos de oficiais militares dos grupos do Hamas e da Jihad Islâmica na semana passada. Testemunhas afirmam ter presenciado quatro explosões na vizinhança de Sheij Radwan, área conhecida como um enclave palestino na região. Pichações fazendo referência ao “Estado Islâmico” e fazendo referências à “vitória da Shariah” foram vistas em locais próximos a uma das explosões.

Foto: Wissam Nassar, European Pressphoto Agency.

Foto: Wissam Nassar / EPA.

Combatentes do curdistão sírio tomam importante cidade do EI


Combatentes do curdistão sírio tomaram a cidade de Tal Abyad, cidade central do “Estado Islâmico”, bloqueando uma das principais rotas terrestres de suprimentos do grupo jihadista. Reforços da Unidade de Proteção Popular Curda (YPG, da sigla em curdo) devem ser enviados para auxiliar na proteção da principal rota em direção à Raqqa, outra cidade-chave do EI. O conflito gerou milhares refugiados que foram à Turquia.

Foto: AFP

Foto: AFP. 

Jihadistas atacam importante base militar síria em Daara


Grupos jihadistas desencadearam uma ofensiva de larga escala contra uma base militar na Síria na região sul da província de Daara, matando 20 soldados do governo sírio. Os militantes focaram seu ataque contra a Brigada 52, uma das principais bases militares da província, representando uma grande ameaça ao governo sírio devido à proximidade com outras instalações militares da região.

Província da Daara. Mapa: Wikimedia Commons.

Quem está lutando no Iraque e por quê?


Entenda quem está lutando e o que está em jogo no Iraque (e no Oriente Médio).

Sunitas e xiitas. Mapa: Vice News.

Sunitas e xiitas. Mapa: Vice News.

(mais…)

O EIIL e seus financiadores


Desde a tomada da cidade iraquiana de Mossul, a milícia sunita EIIL (Estado Islâmico do Iraque e do Levante, também conhecido como ISIL) é considerada a mais rica organização terrorista do mundo. A origem de seus meios financeiros é controversa e especula-se sobre a aplicação deles.

Foto: Reuters.

Foto: Reuters.

(mais…)

A guerra virtual do governo iraquiano contra o EIIL


Apesar das constantes derrotas nos campos de batalha, o governo do Iraque está travando uma grande guerra virtual contra as forças do grupo extremista Estado Islâmico do Iraque e do Levante (EIIL, ou ISIS em inglês).

Foto: Reuters / Stringer.

Foto: Reuters / Stringer.

(mais…)

EUA sinaliza que primeiro-ministro iraquiano deve renunciar


Os Estados Unidos sinalizaram que o primeiro-ministro do Iraque, Nouri al-Maliki deve renunciar devido à sua incapacidade de reconciliar xiitas e sunitas no país e estabilizar a situação política iraquiana.

Maliki. Foto: AFP / Getty Images.

Maliki. Foto: AFP / Getty Images.

(mais…)

Como islamistas iraquianos derrotaram soldados treinados pelos EUA?


Mesmo estando significativamente em menor número, militantes islamistas conseguiram derrotar milhares de soldados iraquianos treinados pelos Estados Unidos no Iraque, conquistando inclusive a segunda maior cidade do país, Mosul. Aparentemente, a população local vem apoiando os islamitas devido a percepções de luta sectária entre sunitas e xiitas.

Foto: Reuters / Stringer.

Foto: Reuters / Stringer.

(mais…)

Obama envia militares ao Iraque


Quase 300 soldados foram enviados para garantir a segurança da embaixada dos EUA em Bagdá. Segundo Barack Obama, presidente estadunidense, tropas estão preparadas para combater e permanecerão no país o tempo que for necessário. Enquanto isso, Washington inicia conversas com o Irã para discutir a crise no Iraque.

Foto: AP.

Foto: AP.

(mais…)

Iraque pede armas e treinamento aos EUA


Primeiro-ministro do Iraque, Nouri al-Maliki, pediu aos Estados Unidos armamentos para combater jihadistas no país, que recentemente tomaram partes de cidades importantes como Falluja e Ramadi. Maliki também pedirá apoio para treinamento militar das forças iraquianas.

Fonte: Thaier Al-Sudani / Reuters.

Primeiro-Ministro do Iraque. Fonte: Thaier Al-Sudani / Reuters.

(mais…)

Jihadistas tomam bairros de importantes cidades do Iraque


Jihadistas sunitas vinculados ao grupo terrorista Al-Qaeda conquistaram bairros das cidades iraquianas de Falluja e Ramadi. Ligações com movimentos fundamentalistas islâmicos sírios também são possíveis.

Fonte: Azhar Shallal / AFP.

Fonte: Azhar Shallal / AFP.

(mais…)

França reduzirá presença militar no Mali


França anunciou que vai reduzir o número de tropas no Mali para mil soldados. Medida estava prevista desde o início da missão Serval, mas foi adiada em várias oportunidades. Anunciou-se também um plano de criar uma lógica regional de combate ao terrorismo na região do Sahel.

sahel

Fonte: n.i.

(mais…)

De Kadafi a Benghazi as revoltas se espalham para outros países, incluindo Egito, Tunísia e Iêmen


From Gadhafi to Benghazi

Stratfor / By George Friedmam – 18/09/2012

Last week, four American diplomats were killed when armed  men attacked the U.S. Consulate in Benghazi, Libya. The attackers’ apparent  motivation was that someone, apparently American but with an uncertain identity,  posted a video on YouTube several months ago that deliberately defamed the Prophet Mohammed.  The attack in Benghazi was portrayed as retribution for the defamation, with the  attackers holding all Americans equally guilty for the video, though it was  likely a pretext for deeper grievances. The riots spread to other countries,  including Egypt, Tunisia and Yemen, although  no American casualties were reported in the other riots. The unrest appears  to have subsided over the weekend. (mais…)