parceria estratégica

Rússia e China firmam novos acordos bilaterais


Em visita a Pequim, o presidente russo Vladimir Putin e o presidente chinês Xi Jinping firmaram mais de 30 novos acordos bilaterais. Entre as áreas temáticas, estão investimentos em infraestrutura, comércio, tecnologia e inovação, agricultura, finanças e internet. Embora tenha havido uma desaceleração da parceria entre Rússia e China, ambos os países notaram o seu sucesso estratégico. Xi Jinping afirmou ainda que os dois países “deveriam promover a ideia de serem amigos para sempre”.

Foto: Getty Images / G. Baker via DW.

Anúncios

China e Marrocos estabelecem parceria estratégica


Nesta quarta-feira (11/05), a China e o Marrocos estabeleceram uma parceria estratégica. A medida se deu após a assinatura de uma declaração conjunta pelo presidente chinês Xi Jinping e o rei marroquino Mohammed VI. Este último se encontra em Pequim em visita oficial.

135351308_14629723781661n

Foto: Xinhua / Rao Aimin

Austrália e Singapura intensificam cooperação bilateral em defesa


Na última sexta-feira (06/05), Austrália e Singapura anunciaram uma série de medidas para intensificar sua cooperação bilateral em defesa. Singapura deve investir 2,25 bilhões de dólares na ampliação de instalações militares no nordeste australiano, que são atualmente usadas para treinamento das Forças Armadas singapurenses, e, em troca, a Austrália permitirá o aumento do número de tropas de Singapura em treino de 6 mil para 14 mil. Fora isso, também estão previstos exercícios militares conjuntos, maior compartilhamento de inteligência, intercâmbio de pessoal militar e civil e um canal de discussão sobre temas securitários e regionais. Isso tudo faz parte das iniciativas da parceria estratégica abrangente firmada entre os dois países em 2015.

Foto: Marinha dos EUA via The Diplomat.

Japão e Filipinas aprofundam cooperação em Defesa


O Japão e as Filipinas assinaram um acordo nesta segunda-feira (29/02) e aprofundaram a cooperação em Defesa. O tratado estabelece parâmetros para a aquisição (compra ou doação) de equipamentos militares, transferência de tecnologia, exercícios militares conjuntos e desenvolvimento tecnológico conjunto. É a primeira vez que Tóquio assina um acordo do gênero com um país do Sudeste Asiático.

Foto: U.S. Marine Corps

China e Irã firmam parceria estratégica


Neste sábado (23/01), a China e o Irã firmaram um acordo para estabelecer “relações estratégicas” entre os dois países. Acordo se deu durante visita do presidente chinês, Xi Jinping, a Teerã. Também foram assinados diversos tratados, entre eles um que pretende aumentar o intercâmbio comercial em mais de US$ 600 bilhões na próxima década. A China também declarou apoio à entrada do Irã na Organização de Cooperação de Xangai (OCX).

1033594215

Foto: AFP / STR.

China e Iraque anunciam parceria estratégica


Durante visita do primeiro-ministro do Iraque, Haider al-Abadi, à China na semana passada (22 e 23/12), os dois países publicaram uma declaração conjunta, elevando o status de suas relações para o de uma parceria estratégica. Também assinou-se um Memorando de Entendimento sobre cooperação energética. A China importa mais da metade da produção iraquiana de petróleo e prometeu maiores investimentos na infraestrutura do país, inserido na Rota da Seda.

thediplomat_2015-12-22_17-27-38-386x257

Foto: Shutterstock.com

Primeira reunião de partidos políticos China-CELAC


Desde terça-feira (08/12), ocorre em Pequim, capital da China, o primeiro Fórum de Partidos Políticos China-CELAC (Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos). Representantes dos 33 países do bloco latino-americano estão presentes, além do Partido Comunista Chinês. O encontro visa ao reforço da integração inter-regional e da cooperação para o desenvolvimento e inovação. O Fórum procura estabelecer um mecanismo multilateral de alto nível para que os partidos latino-americanos e caribenhos e chineses superem diferenças ideológicas para debater temas estratégicos.

Foto: Vice-Presidência do Equador.

China e Jordânia firmam parceria estratégica


A China e a Jordânia firmaram um acordo de estabelecimento de uma parceria estratégica entre os dois países. Ato foi selado nesta quarta-feira (09/09) em reunião do presidente chinês Xi Jinping com o rei jordaniano Abdullah II em Pequim. Sob a égide da parceria estratégica, serão realizadas reuniões periódicas para debater temas internacionais e regionais. Além disso, a intensificação das relações bilaterais deve levar a um aumento em investimentos e em inúmeros outros setores no marco da iniciativa chinesa “One Belt, One Road”.

Rei Abdullah II e Xi Jinping. Foto: Xinhua / Zhang Duo.

Japão e Filipinas fortalecem parceria estratégica


Em uma reunião de cúpula nesta quinta-feira (04/06), o primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, e o presidete das Filipinas, Benigno Aquino III, celebraram o fortalecimento da parceria estratégica entre os dois países com uma série de acordos securitários e econômicos. No campo econômico, a ênfase recaiu em infraestrutura e tecnologia. No securitário, o Japão comprometeu-se a transferir tecnologia e equipamentos militares e a expandir treinamentos e exercícios militares, particularmente no âmbito marítimo. Significativamente, Aquino declarou que está em discussão um tratado que permita que forças japonesas utilizem bases militares filipinas.

Foto: Ministério da Defesa do Japão.

Japão e Malásia celebram parceria estratégica


Em visita do primeiro-ministro malaio Najib Razak a Tóquio esta semana, Japão e Malásia elevaram suas relações bilaterais para o status de parceria estratégica. Entre os tópicos que devem ser focados estão a cooperação multilateral global e regional, economia, cultura e paz e segurança. Um ítem específico que recebeu grande atenção foi a segurança marítima: ambos os países têm interesses marcados no Mar do Sul da China e preocupam-se com a crescente influência de Pequim na região; o Japão deve fortalecer a guarda costeira da Malásia.

Najib Razak e Shinzo Abe. Foto: Ministério de Relações Exteriores do Japão.

Brasil confirma que será membro-fundador do Banco Asiático de Investimento em Infraestrutura


Nesta sexta-feira (27/03), o governo brasileiro confirmou ter aceitado o convite da China para participar como membro fundador do Banco Asiático de Investimento em Infraestrutura (AIIB, sigla em inglês). A presidente Dilma Rousseff garantiu que o Brasil tem todo o interesse de participar da instituição, capitaneada por Pequim, que deve garantir financiamento para projetos de infraestrutura na Ásia, continente cada vez mais estratégico para a inserção internacional brasileira. Ainda não foi divulgado de que forma se dará a participação brasileira no AIIB, o qual terá um capital autorizado de 100 bilhões de dólares e fundo inicial de US$ 50 bilhões.

Foto: Wilson Dias / Agência Brasil.

Foto: Wilson Dias / Agência Brasil.

Brasil e África do Sul unirão bases industriais de defesa


Brasil e África do Sul deverão unir suas bases de estudo e pesquisa tecnológica de defesa para, juntos, conquistarem novos mercados e se tornarem fortes a ponto de competir com países mais desenvolvidos no setor.

Aderico Mattioli e Trevor  Raman. Foto: P.H. Freitas / MD.

Foto: P.H. Freitas / MD.

(mais…)

Índia quer fechar inédito acordo nuclear com o Japão


A Índia espera contar com o apoio do Japão para que se concretize um acordo bilateral em matéria de energia nuclear durante a visita do recém-empossado primeiro ministro indiano Narendra Modi a Tóquio. Modi também quer atrair investimentos japoneses no setor. No entanto, o Japão quer garantias de que o eventual acordo não seja direcionado para o programa nuclear militar indiano.

Fonte: Flickr / generalising.

Fonte: Flickr / generalising.

(mais…)

Brasil firma parceria estratégica global com o Japão


A presidente Dilma Rousseff e o primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, firmaram uma “parceria estratégica global” entre os dois países, abrindo espaço para a manutenção de diálogo permanente e consultas frequentes sobre temas políticos, estratégicos e econômicos. Além disso, os dois chefes de governo assinaram cinco acordos governamentais e testemunharam a assinatura de outros quatro acordos entre representantes do setor privado dos dois países. Dentre os mais importantes, está acordo para a revitalizar a indústria naval brasileira com financiamento para construção de oito navios-plataforma de petróleo.

Foto: Reuters / Ueslei Marcelino.

Foto: Reuters / Ueslei Marcelino.

(mais…)

Argentina e EUA selam parceria estratégica em energia


A Argentina fechou uma parceria estratégica com os Estados Unidos em matéria de energia. Acordo prevê a captação de recursos por parte da Argentina para investir na produção de energia, especialmente no campo de Vaca Morta.

Fonte: Milenio / Comunicacion Popular.

Fonte: Milenio / Comunicacion Popular.

(mais…)

China e Tucomenistão aprofundam parceria estratégica


China e Turcomenistão assinaram nesta segunda-feira (12/05) diversos acordos visando ao aprofundamento da parceria estratégica entre os dois países. Esses acordos incluem setores como gás natural, agricultura, transportes e finanças, entre outros. Ambos os países também se comprometeram a juntar esforços no combate ao separatismo e terrorismo.

Xi Jinping e Gurbanguly Berdymukhavedov. Foto: Xinhua / Pang Xinglei.

Xi Jinping e Gurbanguly Berdymukhavedov. Foto: Xinhua / Pang Xinglei.

(mais…)

Ministro do Exterior da China visita América Latina


Ministro do Exterior da China, Wang Yi, vai a Cuba, Venezuela, Brasil e Argentina durante viagem de uma semana em que temas econômicos devem dominar agenda. País asiático consolida influência na região.

Figueiredo e Wang Yi. Foto: imago / Xinhua.

Figueiredo e Wang Yi. Foto: imago / Xinhua.

(mais…)

Crise na Ucrânia aproxima Rússia e China


Artyom Lukin argumenta que a China é o país que mais está ganhando com a situação na Ucrânia e o embate entre os EUA e a Rússia. Autor adverte que as pressões ocidentais contra Moscou, contudo, aproximam a Rússia da China em vez de surtir o efeito desejado de enfraquecimento; além disso, EUA não teria capacidade de lidar com Rússia e China ao mesmo tempo.

Foto: AFP / Sergei Ilnitsky.

Foto: AFP / Sergei Ilnitsky.

(mais…)

Em Berlim, Figueiredo reforça neutralidade brasileira sobre Crimeia


Apesar de encontro descontraído, o chanceler brasileiro, Luiz Figueiredo, e Steinmeier, da Alemanha, reiteram posições divergentes quanto à política dos países sobre a crise na Ucrânia. Além disso, também discutiram o desenvolvimento da parceria estratégica entre os dois países, a situação política na Venezuela e o acordo comercial Mercosul-União Europeia.

Foto: picture-alliance / dpa.

Foto: picture-alliance / dpa.

(mais…)

Índia não apoia sanções do ocidente contra a Rússia


Mesmo com a pressão dos países do Ocidente, a Índia não deve apoiar sanções unilaterais contra a Rússia com relação à anexação da Crimeia.

Imagem: Defence Pakistan.

Imagem: Defence Pakistan.

(mais…)

O apoio indiano à Rússia


Bhadrakumar argumenta que tanto Índia quanto China escolheram um caminho pragmático quanto à situação na Ucrânia. Contudo, Nova Delhi é ainda mais claramente pró-Rússia do que Pequim ao reconhecer que Moscou possui interesses legítimos na Ucrânia, e essa postura seria uma das mais importantes vindas da Índia nos últimos anos.

Imagem: Defence Pakistan.

Imagem: Defence Pakistan.

(mais…)

Índia reconhece interesses legítimos da Rússia na Ucrânia


A Índia se distancia dos países ocidentais e reconhece que a Rússia possui interesses legítimos na Ucrânia. Posicionamento pode ser explicado por histórica visão contra o imperialismo ocidental e antiga parceria com a Rússia.

Imagem: Myoor.

Imagem: Myoor.

(mais…)

A geopolítica da divisão da Ucrânia


Immanuel Wallerstein argumenta que os estrategistas dos Estados Unidos estão tentando evitar uma possível aliança russo-franco-alemã e por isso incitam os incidentes na Ucrânia.

Medvedev, Sarkozy e Merkel em encontro trilateral em 2010. Foto: RIA Novosti / Vladimir Rodionov.

Medvedev, Sarkozy e Merkel em encontro trilateral em 2010. Foto: RIA Novosti / Vladimir Rodionov.

(mais…)

A política externa da China para a situação na Ucrânia


A China está dando sinais de uma flexibilização do princípio de integridade territorial quanto à situação na Ucrânia. Atitude seria uma mudança significativa na política externa chinesa, cujos argumentos usados no caso ucraniano podem vir a ser usados contra a própria China nas suas regiões separatistas.

Foto: Reuters.

Foto: Reuters.

(mais…)

A China está apoiando a Rússia na Ucrânia?


Quanto à situação na Ucrânia e as atitudes da Rússia, a China está adotando uma postura bastante cautelosa, até mesmo ambígua, que revela um dilema em Pequim. Os instintos chineses dizem que deveriam apoiar Moscou, porém, apoiar oficialmente os russos violaria o princípio de não-intervenção em assuntos internos. Na mídia, não há defesa nem críticas à Rússia.

Foto: ITAR-TASS / Yuri Smityuk.

Foto: ITAR-TASS / Yuri Smityuk.

(mais…)

Índia, Irã e Omã discutem gasoduto submarino


Na última sexta-feira (28/02), a Índia deu início a negociações formais com Irã e Omã para a construção de um gasoduto submarino evitando águas territoriais paquistanesas. Este teria cerca de 1.400 km e transportaria cerca de 31 milhões de metros cúbicos de gás por dia para a Índia.

Mapa: Pakistan Defense / Google Maps.

Mapa: Pakistan Defense / Google Maps.

(mais…)

Índia e Arábia Saudita assinam pacto de cooperação em defesa


Índia e Arábia Saudita assinaram um memorando de entendimento em cooperação em defesa nesta quarta-feira (26/02) em Nova Delhi. O acordo pretende expandir a cooperação dos países em matérias de defesa, especialmente treinamento, logística e troca de informações.

Foto: Asian Defense News.

Foto: Asian Defense News.

(mais…)

China intensifica relações com América Latina


Enquanto os Estados Unidos se focam no seu pivô para a Ásia, a China vem aumentando seu engajamento com a América Latina sem maiores alardes. Essa intensificação das relações sino-latino-americanas é simbolizada pelo estabelecimento do Fórum CELAC-China, anunciado na reunião de cúpula da CELAC que ocorreu no final de janeiro deste ano em Cuba.

Foto: Efe / Ernesto Mastrascusa.

Foto: Efe / Ernesto Mastrascusa.

(mais…)

Paquistão discute cooperação em defesa com Arábia Saudita


O general chefe do exército paquistanês está em Riad, capital da Arábia Saudita, para discutir uma expansão da parceria estratégica entre os dois países, especialmente em assuntos de defesa.

Foto: The News Tribe.

Foto: The News Tribe.

(mais…)

Índia convida Japão para desenvolver infraestrutura no seu NE


A Índia teria convidado empresas japonesas para investir no desenvolvimento de infraestrutura em seu nordeste, numa região disputada com a China. Convite vem pouco tempo após o anúncio do aprofundamento da parceria estratégica entre os dois países.

Fonte: Flickr / generalising.

Fonte: Flickr / generalising.

(mais…)