reformas em Mianmar

Primeiro Boletim de Conjuntura do NERINT


Confira aqui o primeiro Boletim de Conjuntura do Núcleo Brasileiro de Estratégia e Relações Internacionais (NERINT), no qual constam quatro artigos escritos por pesquisadores e pesquisadoras do ISAPE. Entre os assuntos discutidos estão a transição política em Mianmar, as reformas internas na Coreia do Norte, a economia iraniana após o acordo nuclear e as negociações de paz da Síria.

capa boletim nerint

Governo de Htin Kyaw toma posse no Mianmar


Nesta quarta-feira (30/03), tomou posse no Mianmar o primeiro governo civil eleito de forma democrática nos últimos 50 anos. Htin Kyaw recebeu o cargo de presidente do ex-general Thein Sein. Kyaw foi eleito pelo Parlamento, composto em sua maioria por membros da Liga Nacional pela Democracia (LND). A líder da LND, Aung San Suu Kyi, assumiu quatro ministérios: do Exterior, da Educação, da Energia e da Casa Civil.

Foto: A. Shine Oo / AP Photo/ picture-alliance

Mianmar elege primeiro presidente civil em 54 anos


Nesta terça-feira (15/03), o Parlamento do Mianmar elegeu Htin Kyaw como presidente do país, o primeiro civil não designado pelas Forças Armadas desde 1962. O novo líder integra a Liga Nacional para a Democracia (NLD), é aliado de Aung San Suu Kyi e será empossado no primeiro dia de abril. Nas eleições, o novo chefe de Estado superou Henry Van Thio -também membro da NLD- e o tenente-general Mying Swe, que assumirão como vice-presidentes.

Foto: Reuters

Mianmar assina acordo de paz com 16 grupos rebeldes


O governo de Mianmar assinou na quinta-feira (15/10) um acordo de paz com 16 grupos rebeldes, abrindo caminho para encerrar o conflito que já dura décadas. Estes assinaram cada um um acordo de cessar-fogo em separado com o governo. Sete outros grupos participaram das conversas; porém, não aceitaram a resolução.

Foto: Reuters.

Em rara entrevista, Comandante-em-chefe do Mianmar afirma que Forças Armadas terão papel político após a democratização


Em entrevista inédita realizada pela BBC, o Comandante-em-chefe do Mianmar, Min Aung Hlaing afirma que as Forças Armadas continuarão tendo papel político no país até que a paz seja estabelecida entre os grupos étnicos armados do país. De acordo com o chefe militar, as eleições gerais serão respeitadas mesmo em caso de uma eventual vitória da oposição. O Mianmar vem passando por um processo de democratização após décadas de regime militar.

Foto: Xinhua, U Aung.

Min Aung Hlain. Foto: Xinhua / U Aung.

Parlamento de Mianmar rejeita o fim do poder de veto dos militares


O parlamento de Mianmar rejeitou nesta quarta-feira (25/06) a extinção do poder de veto dos militares sobre mudanças na constituição do país. Embora a maioria dos parlamentares tenha se mostrado a favor da mudança, não se obtiveram os 75% dos votos necessários para a aprovação.

myanmar

Mapa: n.i.

Xi Jinping encontra-se com líder da oposição de Mianmar


Nesta quinta-feira (11/06), Xi Jinping, presidente da China, encontrou-se com Aung San Suu Kyi, líder da Liga Nacional pela Democracia (LND), partido de oposição de Mianmar. Na reunião, Xi pediu que a LND e Suu Kyi tenham um papel construtivo ao guiar o povo mianmarense a respeito das relações China-Mianmar racionalmente e sem preconceitos, valorizando os laços bilaterais entre as duas nações. Mianmar vem passando por um processo de democratização e, com isso, a LND tem se fortalecido no país.

Aung San Suu Kyi e Xi Jinping. Foto: Xinhua / Liu Weibing.

Ano decisivo para reformas econômicas em Mianmar


2014 será um ano decisivo para as reformas econômicas em curso em Mianmar. Parlamento do país possui atualmente 30 propostas de lei que lidam com a economia do país, incluindo sobre estabelecimento de zonas econômicas especiais, regulamentação da mineração e de investimento externo direto.

Fonte: Reuters / Soe Zeya Tun.

Fonte: Reuters / Soe Zeya Tun.

(mais…)