Sergei Lavrov

EUA e Rússia chegam a impasse sobre rebeldes sírios em negociações de paz


Após encontro entre o secretário de Estado dos EUA, John Kerry, e o Ministro das Relações Exteriores, Sergei Lavrov, nesta quarta-feira (20/01), ambos os países concordaram em seguir as conversas para encerrar o conflito na Síria. Porém, ainda não há um acordo sobre quais grupos rebeldes devem ser incluídos e quais taxados de “terroristas”. A Rússia defende a inclusão de grupos que podem apoiar suas posições nas negociações, como os curdos sírios, enquanto EUA, Arábia Saudita e Turquia rejeitam a ideia.

U.S. Secretary of State John Kerry takes his seat across the table from Russian Foreign Minister Sergey Lavrov, for their meeting about Syria, in Zurich, Switzerland

Foto: Reuters / Jacquelyn Martin.

Anúncios

Crescem sinais de participação russa no conflito sírio


Fontes dos EUA e do Líbano afirmam que a Rússia enviou armamento e tropas para combater ao lado de forças do governo de Bashar al-Assad na Síria. Moscou também teria enviado dois porta-aviões, jatos e fuzileiros navais, o que supostamente serviria para a construção de uma pista de pouso próxima à cidade de Lataquia. Porém, a Rússia negou nesta quinta-feira (10/09) ter aumentado sua presença militar na Síria, afirmando que nunca escondeu a ajuda militar ao governo sírio desde o início do conflito. Segundo o chanceler Sergei Lavrov tudo é feito “a pedido e de acordo com o governo sírio e os governos de outros países da região, se trata de ajudá-los na luta contra o terrorismo.”

Sergei Lavrov. Foto: Reuters / F. Lenoir.

Cúpula de Minsk concorda com cessar-fogo na Ucrânia


Os chefes de estado de Alemanha, França, Rússia e Ucrânia, que se reuniram em Minsk, capital da Bielorrússia, concordaram com um cessar-fogo no conflito ucraniano. O presidente russo, Vladimir Putin, afirmou que o novo acordo passa a valer a partir de domingo. Ainda há dúvidas se Kiev e os separatistas do leste concordaram sobre detalhes do status autônomo que a região leste terá. A concessão de autonomia ao leste é condição para que Kiev possa voltar a controlar as fronteiras com a Rússia.

Foto: Alexander Zemlianichenko / AP

Foto: Alexander Zemlianichenko / AP

No dia da cúpula de paz em Minsk, mais de vinte mortos na Ucrânia


Hoje (11/02) é o dia da reunião de cúpula de paz de Minsk, onde vão se reunir os chefes de estado de Alemanha, França, Rússia e Ucrânia. Enquanto isso, os combates no território ucraniano continuam intensos, com mais de vinte mortes, principalmente na região de Donetsk. O conflito no leste ucraniano já se estende por dez meses, tendo produzido mais de 5400 mortes segundo dados das Nações Unidas. O presidente ucraniano, Petro Poroshenko, afirmou que está pronto para instaurar a lei marcial no país caso as negociações em Minsk fracassem. O ministro das relações exteriores russo, Sergei Lavrov, afirmou que o grupo de contato entre Rússia, Donetsk, Lugansk, Ucrânia e a Organização para a Segurança e e Cooperação na Europa (OSCE) alcançou avanços notáveis nas negociações que precedem o encontro em Minsk.

Foto: Gleb Garanich / Reuters

Foto: Gleb Garanich / Reuters

Kim Jong-un deve visitar Moscou


No que seria sua primeira visita oficial a outro país como chefe de estado, o líder da Coreia do Norte Kim Jong-un poderá visitar Moscou em maio. A afirmação é do ministro das relações exteriores russo, Sergei Lavrov, que convidou o chefe de estado da Coreia do Norte para as comemorações de 70 anos da vitória soviética sobre o exército nazista.

Foto: KCNA / Reuters

Foto: KCNA / Reuters

Ministro Russo afirma que gasto militar não é nova corrida armamentista


Ministro de Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, afirma que rearmamento de seu país não significa uma nova corrida armamentista, e sim uma modernização necessária para as forças armadas russas. Além disso, Lavrov criticou a posição dos países ocidentais nas crises da Ucrânia e Síria, impedindo que se chegue a uma solução a estas controvérsias. Ele afirma que é a OTAN que segue com uma mentalidade da Guerra Fria em suas relações com a Rússia.

Ministro de Relações Exteriores da Rússia, Sergey Lavrov Foto: Reuters / Brendan McDermid

Ministro de Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov
Foto: Reuters / Brendan McDermid

(mais…)

Rússia ameaça usar armas nucleares para defender a Crimeia


Como o governo ucraniano continua prometendo reconquistar a Crimeia dos russos, o ministro de relações exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, deu a entender que Moscou usaria armas nucleares para defender a península em caso de ataque de Kiev.

Foto: Wikimedia Commons.

Foto: Wikimedia Commons.

(mais…)

Apesar de trégua, conflito entre governo e rebeldes continua na Ucrânia


Na Ucrãnia, cessar-fogo foi estendido até segunda-feira (30/06), mas incidentes foram registrados na região de Donetsk. Ministro do Exterior russo acusa Estados Unidos de instigarem conflito na ex-repúlica soviética.

Foto: Reuters.

Foto: Reuters.

(mais…)

Rússia diz estar disposta a dialogar com novo presidente da Ucrânia


Recém-eleito presidente da Ucrânia, o magnata Petro Poroshenko afirmou que espera se reunir com o presidente russo, Vladimir Putin, ainda na primeira metade do mês de junho. O chanceler da Rússia, Serguei Lavrov, disse hoje que Moscou está disposta a conversar com o recém eleito mandatário ucraniano. As lideranças da região separatista de Donetsk também mostraram disposição para dialogar com as novas autoridades de Kiev.

Foto: Mykola Lazarenko / AFP.

Poroshenko. Foto: Mykola Lazarenko / AFP.

(mais…)

Ucrânia acusa Rússia de desrespeitar acordo firmado em Genebra


O Ministério de Relações Exteriores da Ucrânia acusou a Rússia de violar os acordos firmados em Genebra dia 17 de abril. Segundo os ucranianos, há forças especiais russas controlando milícias armadas no leste da Ucrânia.

Foto:  EPA / Eric Bridiers / US Department of State / Handout.

Foto: EPA / Eric Bridiers / US Department of State / Handout.

(mais…)

Rússia acusa Kiev de desrespeitar acordo firmado em Genebra


Ministro de relações exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, acusou Kiev de continuar a prender ativistas e violar direitos dos jornalistas no sudeste da Ucrânia, desrespeitando, assim, o acordo que fora firmado em Genebra e que conferia anistia a todos.

Foto: RIA Novosti / Sergey Kuznecov.

Lavrov. Foto: RIA Novosti / Sergey Kuznecov.

(mais…)

Diplomatas chegam a acordo sobre crise na Ucrânia


Diplomatas da Rússia, Ucrânia, EUA, e União Europeia chegaram a um acordo nesta quinta-feira (17/04) para reduzir as tensões e prosseguir em direção ao fim da crise ucraniana, anunciou o ministro de Relações Exteriores russo, Sergei Lavrov. O acordo alcançado em uma reunião em Genebra prevê o desarme de grupos armados ilegais, a desocupação de edifícios em cidades do leste ucraniano e a anistia aos insurgentes pró-Rússia que participaram do levante contra o governo em Kiev, exceto no caso de pessoas culpadas por crimes graves.

Foto: RT.

Foto: RT.

(mais…)

Rússia e EUA discutem futuro da Ucrânia


George Friedman descreve e analisa as perspectivas da Rússia e dos Estados Unidos para as negociações de paz quanto à situação na Ucrânia.

Imagem: Fotolia / viperagp.

Imagem: Fotolia / viperagp.

(mais…)

Rússia retalia EUA com sanções


O ministro de Relações Exteriores da Rússia, Serguei Lavrov, publicou nesta quinta-feira (20/03) uma lista de sanções a dez oficiais e legisladores norte-americanos – entre eles, o senador John McCain e o presidente da câmara John Boehner – em resposta às sanções EUA. Medida cumpre as ameaças de sanções simétricas que Moscou anunciara há alguns dias.

Foto: Efe.

Foto: Efe.

(mais…)

Reunião entre Rússia e Ocidente sobre Ucrânia termina sem avanços


Em Paris, reunião de diplomatas da Rússia e de países ocidentais terminou sem haver progresso a respeito da situação na Ucrânia. Enquanto isso, OTAN suspende contatos com a Rússia.

Foto: Reuters.

Foto: Reuters.

(mais…)

Oposição síria confirma segunda rodada de negociações para paz


Coalizão Nacional Síria, grupo de oposição, decidiu que voltará para a mesa de negociação com o governo do país na segunda-feira, dia 10 de fevereiro. Anúncio foi realizado após encontro com representantes russos.

Lavrov e representante do NCC. Fonte: AFP / Natalia Kolesnikova.

Lavrov e representante do NCC. Fonte: AFP / Natalia Kolesnikova.

(mais…)

Nenhum progresso entre Japão-Rússia na disputa das ilhas no extremo sul da cadeia de Kurils


Mapa: n.i.

Japan-Russia talks bring no progress on island dispute

Reuters – 28/07/2012 – por Denis Dyomkin & Steve Gutterman

(Reuters) – Russia and Japan sparred on Saturday over disputed islands that have strained their relations since World War Two, making no visible progress in talks toward a resolution weeks before Russia hosts a summit of Asian states.

Japan wants Russia to hand over four islands at the southern end of the Kuril chain that were occupied by Soviet forces at the end of the war in 1945, saying they are Japanese territory.

Moscow disagrees, and senior Russian officials have drawn protests from Japan in the past two years by traveling to the Pacific islands, which Russia calls the Southern Kurils and Japan calls the Northern Territories. (mais…)