sistema ferroviário

China atualiza planos de ampliação da malha ferroviária


Nesta quarta-feira (29/06), a China atualizou seus planos de ampliação da malha ferroviária em uma reunião do Conselho de Estado presidida pelo premiê Li Keqiang. O novo plano prevê que o país possua 150 mil km de ferrovias até 2020, incluindo 30 mil km de trens de alta velocidade. O plano anterior previa apenas 120 mil km. A expansão dos planos prevê mais construção de ferrovias nas regiões centrais e do oeste chinês.

Mapa: Wikimedia Commons.

Maior túnel ferroviário do mundo é inaugurado na Suíça


Nesta quarta-feira (01/06), foi inaugurado na Suíça o maior túnel ferroviário do mundo. O Túnel de São Gotardo, de 57  quilômetros de comprimento, é localizado sob os Alpes, demorou 17 anos para ser concluído e custou cerca. A 11 bilhões de euros. A operação comercial de trens, que devem reduzir o número de caminhões circulando, está previsto para iniciar em meados de dezembro. Na inauguração, estiveram presentes, além do presidente suíço, líderes da Alemanha, Itália, Áustria e França.

Foto: herrenknecht.com

Por que terroristas chineses estão atacando estações de trem?


Na China, a decisão de separatistas uigures atacarem estações de trem tem grande valor simbólico e estratégico. Mudança de tática – que agora inclui alvos civis – objetiva investir contra o projeto chinês da Nova Rota da Seda bem como de maior integração de Xinjiang ao resto da China.

Foto: Wikimedia Commons.

Foto: Wikimedia Commons.

(mais…)

Problemas na Nova Rota da Seda


O pivô chinês para o ocidente (Ásia Central e Meridional), cuja personificação é a Nova Rota da Seda, vem encontrando diversos obstáculos no caminho. Recentes atos terroristas na província Xinjiang demonstram a dificuldade de lidar com o terrorismo em solo chinês. Além disso, na rota China-Paquistão, terrorismo também é um problema no lado paquistanês.

Mapa: Indian Strategic Studies.

Mapa: Indian Strategic Studies.

(mais…)

Duisburg, parada final da Nova Rota da Seda


Linha de trem que liga a China à Alemanha foi inaugurada no final de março deste ano. O trem de 650 metros parte três vezes por semana e liga a cidade chinesa de Chongqing com o coração industrial alemão na cidade de Duisburg no vale do Ruhr – o maior porto fluvial do mundo e importante hub logístico da União Europeia. A conexão ferroviária se tornou em uma das maiores do mundo, atravessando seis países da Eurásia para transportar bens de consumo de alta tecnologia.

Primeira chegada do trem chinês a Duisburg no dia 29/03/2014. Foto: Bernd Thissen / AFP.

Primeira chegada do trem chinês a Duisburg no dia 29/03/2014. Foto: Bernd Thissen / AFP.

(mais…)

Nova ferrovia em construção em Xinjiang


Na última sexta-feira (11/04), deu-se início à construção de uma nova ferrovia na região autônoma de Xinjiang, na China, que deve conectar o país ao Cazaquistão. Xinjiang deve se tornar um hub de transportes chinês até o fim de 2015.

Foto: Rooney Chen / Reuters.

Foto: Rooney Chen / Reuters.

(mais…)

Novas conexões ferroviárias ampliam acesso da China ao ocidente eurasiano


Projetos ferroviários recentes permitirão que a China exporte por terra até Londres, especialmente a conexão entre a Turquia e o Azerbaijão passando pela Geórgia. Ferrovias são peças-chave para a Nova Rota da Seda, ligando a Europa Ocidental ao Extremo Oriente.

Fonte: Tian Shan via Shutterstock.

Fonte: Tian Shan via Shutterstock.

(mais…)

Mais de cem mil saem às ruas na Coreia do Sul contra privatização da malha ferroviária


Cerca de cem mil pessoas participaram neste sábado (28/12) em Seul, capital da Coreia do Sul, de uma manifestação contra a privatização da rede ferroviária e a repressão do governo contra os sindicalistas. Governo promove prisões de sindicalistas e ameaça multar trabalhadores que participem de paralisações.

Fonte: EFE.

Fonte: EFE.

(mais…)

Rússia planeja ter mísseis nucleares montados em vagões ferroviários


Rússia elaborará um plano no ano que vem para implantar mísseis nucleares montados em vagões ferroviários como possível resposta ao programa Global Strike dos Estados Unidos. Vagões com mísseis poderiam ser camuflados e mantidos em constante deslocamento junto com tráfego comercial. Medida não violaria tratados com os EUA.

Fonte: Força de Mísseis Estratégicos da Rússia.

Fonte: Força de Mísseis Estratégicos da Rússia.

(mais…)

Ferrovias brasileiras receberão investimentos de R$ 46 bilhões com o PAC 2


Presidenta destaca que investimentos em ferrovias no PAC 2 somam R$ 46 bilhões

Blog do Planalto – 03/01/2012

O governo federal está investindo, por meio do PAC 2, R$ 46 bilhões em 4,6 mil quilômetros de ferrovias até 2014, informou a presidenta Dilma Rousseff na coluna Conversa com a Presidenta publicada hoje (3). Segundo ela, estão em obras 3,4 mil quilômetros.

“As ferrovias ficaram muitos anos sem investimentos públicos, depois de terem sido privatizadas, na década de 90. Esta realidade mudou no governo do presidente Lula, quando o setor passou a ser tratado como estratégico para o crescimento do país e voltou a integrar a pauta de investimentos da União”, explicou a presidenta ao motorista José Carlos Nunes, de Montenegro (RS).

Além dos avanços nas ferrovias Norte-Sul, Transnordestina e Oeste-Leste, o governo voltou a investir “pesadamente” em transporte público nas cidades, em parceria com estados e municípios. Segundo a presidenta Dilma, foram destinados R$ 18 bilhões para atender as 24 maiores cidades do país em projetos de transportes, incluindo metrôs.

“Há muito a fazer, mas estamos caminhando firmemente”, disse.  (mais…)